ATÉ ZUNIL

Depois de 4 dias preso o chefe de gabinete de Emanuel Pinheiro é solto com tornozeleira

Publicados

em

image_pdfimage_print

O advogado Antônio Monreal Neto, chefe de gabinete do prefeito afastado de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) saiu da prisão nesta sexta-feira (22) depois de 4 dias preso,  quando foi deflagrada a “Operação Capistrum” pelo Núcleo de Ação de Competências Originárias..

Quem determinou a soltura foi o desembargador Marcos Machado, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso,.

Neto estava cumprindo prisão temporária no Centro de Custódia de Cuiabá acusado de atrapalhar as investigações da “Operação Capistrum”.

Ele prestou depoimento nesta sexta-feira (22) no Ministério Público Estadual sobre as investigações de contratações irregulares na Secretaria de Saúde de Cuiabá, bem como as acusações de obstrução a Justiça.

O pedido de soltura dele foi feito logo após o depoimento pelo advogado Francisco Faiad. Ele já estava otimista quanto a sua soltura. “

O Ministério Público, porém, pediu a conversão da prisão temporária – que venceria no domingo – em preventiva. A alegação é da gravidade dos fatos investigados, bem como o risco de que, solto, ele poderia intimidar testemunhas e destruir provas.

Leia Também:  Ex‐delegado Regional de MT e pai de ex‐vereador por Cuiabá morre em decorrência da Covid-19

Na decisão, o desembargador acatou o pedido da defesa. Ele citou que o chefe de gabinete é o único preso nesta fase da investigação, mesmo não sendo apontado como o líder da suposta organização criminosa. “Diante da similitude fática entre os investigados, não se apresenta justificável a decretação da custódia preventiva do investigado Antonio Monreal Neto, à luz do princípio da isonomia”, ponderou o magistrado.

Sobre a possibilidade do investigado atrapalhar as investigações, o magistrado colocou que medidas alternativas podem ser suficientes para “pará-lo”. “A decretação da prisão preventiva do investigado Antonio Monreal Neto não se mostra pertinente, ao menos antes do oferecimento da correlata denúncia”, assinalou o desembargador.

Na sequência, Machado expediu as medidas cautelares. Entre elas, está o monitoramento eletrônico por meio de tornozeleira, a proibição de manter contato com outros investigados e de frequentar órgãos públicos ligados a Secretaria de Saúde de Cuiabá.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ATÉ ZUNIL

Ex‐delegado Regional de MT e pai de ex‐vereador por Cuiabá morre em decorrência da Covid-19

Publicados

em

image_pdfimage_print

Na madrugada desta segunda-feira (06), faleceu o ex‐delegado Regional de Mato Grosso, Gilson Oliveira dos Santos de 75 anos.

Gilson estava internado no Hospital São Rafael, em Salvador já havia seis meses. Ele tratava das sequelas que o Covid-19 deixou.

Além de ex-delegado, Gilson também foi presidente da extinta Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (Sanemat).

Oliveira exerceu o cargo de Secretário Adjunto da Sinfra (Secretaria de Infraestrutura) por quatro anos na gestão do governador Blairo Maggi.

Gilson é pai do ex‐vereador por Cuiabá, Marcus Fabrício, que também já ocupou vários cargos na capital, inclusive como secretário.

Segundo informações da filha de Gilson, Rhadis Camila, a família está providenciando o translado do corpo, para o velório e sepultamento em Cuiabá, com horas ainda à confirmar.

O ex-delegado deixa a esposa, Nerly Glória de Freitas dos Santos e sete 7 filhos.

O ex-vereador postou em suas redes sociais uma homenagem ao pai:

“Esta voltando para os braços de Deus, um grande homem que tive o prazer e orgulho de chamar de pai, outros chamavam de vovó Gilson, tio Gilson, irmão, mano paixão, compadre e muitos outros mas para todos, independente de quem fosse, ele sempre tratou com filho, sempre deu oportunidade e ajudou a todos na medida do possível, agora pai chegou sua hora de descansar vai ao encontro de Deus, seu legado nunca será esquisito pois todos que vc ajudou aqui na terra, vão sempre lembrar de você”, postou Marcus.

Leia Também:  Mulher senta no colo de desembargador no meio da sessão; VÍDEO

 

Por Neto Marques

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA