Slide Heading
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Click Here

ATÉ ZUNIL

Mauro Mendes diz que respeita decisão de Blairo mas seu voto é de Abílio.

Publicados

em

Durante evento no Palácio da Justiça, nesta quinta-feira (19), Mauro Mendes declarou que irá apoiar o candidato a prefeito Abílio Júnior (Podemos).

O chefe do Executivo Estadual ainda comentou que os servidores do Estado, que hoje anunciaram apoio a candidatura de Emanuel Pinheiro, estão no direito deles e afirmou que respeita a opinião do amigo Blairo Maggi em apoiar o prefeito, mas minimizou sua manifestação, por seu domicílio eleitoral ser em Rondonópolis.

“É um direito que eles tem. Todo mundo tem o direito de apoiar quem quiser. Não falei com o Blairo e vi só foto, mas ele nem vota aqui. Eu respeito a opinião do Blairo e a de qualquer um. Isso faz parte da democracia, porém, eu, Mauro Mendes, como cidadão e como governador, não apoio quem está amplamente envolvido em esquema de corrupção”, declarou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  O Secretário de Saúde de MT pega Covid-19 pela segunda vez e está em estado grave
Propaganda

ATÉ ZUNIL

Mobilização do Sindspen, não salva deputado da base de sofrer ponto negativo

Publicados

em

Ser da base governista não bastou. Ser segundo vice-presidente da Assembleia Legislativa, também não. Nem, tampouco, presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciário de Mato Grosso (Sindspen) foram o suficiente para que o deputado estadual João Batista (PROS), conseguisse ‘mexer os palzinhos’ para lutar por uma categoria da qual conhece bem. Resultado: ponto negativo no currículo.

Se por um lado o Sindspen fez uma grande mobilização nesta quarta-feira (02) no Centro Político Administrativo em busca de seus direitos, por outro, o deputado não conseguiu emplacar nada. Sem ação eficaz do parlamentar, a sensação que fica é que a categoria comeu um grande pastel de vento e nadado para um grande mar, mas sem nenhuma onda.

Mesmo com o fechamento das ruas, Batista que sempre votou matérias em favor do governo e elogiado ‘com sobras’ pelo governador Mauro Mendes, não conseguiu a derrubada do veto do governo ao projeto de cautela permanente de arma de fogo aos agentes penitenciários. Dessa forma, as polícias civil e militar são as que seguem gozando desse direito.

Leia Também:  Arcebispo emérito de Cuiabá, Dom Bonifácio morre aos 91 anos

Assim, o deputado João Batista sai derrotado em seu projeto por 10 votos contrários à categoria para a manutenção do veto do governo e apenas 7 favoráveis a derrubada.

O projeto era de Cautela Permanente, a fim de, adquirir o direito de portar arma de fogo em qualquer lugar que o agente estiver, além de reivindicar outros direitos, porém o veto foi mantido pela maioria dos parlamentares.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA