Curiosidade

Loja famosa em Cuiabá é flagrada enganando clientes na “Black Friday”

Published

on

Nesta sexta-feira 926), fiscais do Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Cuiabá) e da Secretaria de Ordem Pública (SORP), fiscalizaram  empresas de varejo localizadas na Avenida Fernando Côrrea e também em um shopping Pantanal para averiguar se os preços das mercadorias do período do ‘Black Friday’ possuem descontos reais.

De todos os locais visitados, apenas a empresa Martinello apresentou irregularidade que caracterizou como fraude. Foi lavrado um auto de infração e um auto de constatação referente a publicidade enganosa.

Para garantir a veracidade das informações, as equipes estiveram nesses mesmo locais, no início do mês de novembro, para checagem e verificar se agora na Black Friday vão cumprir o objetivo esperado.

Os itens analisados foram os eletrodomésticos, Linha Branca (geladeiras, máquinas de lavar), televisores, dentre outros.

Para ter uma ideia sobre o que representa como publicidade enganosa, podemos citar como exemplo, dois fogões pesquisados anteriormente que estavam em promoção pela black friday mas com um preço superior ao de dias atrás. Ou seja, está por R$1 mil e custava R$1.500,00, sendo que o preço praticado era de R$ 1 mil. “Mediante as notificações prescritas, os fornecedores tem até dez dias para apresentar justificativa. Caso contrário, será aplicada a penalidade que varia de acordo com o porte da empresa, prevista no Código de Defesa do Consumidor- CDC, o equivalente a 200 UFIRs (R$743,60) até R$ 3 milhões”, esclareceu o diretor de fiscalização do Procon Cuiabá, Fernando Ribeiro.

Leia Também:  Carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral ultrapassa 1 milhão de assinaturas no dia em que foi lida

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Curiosidade

Carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral ultrapassa 1 milhão de assinaturas no dia em que foi lida

Marca foi atingida nesta quinta-feira (11). Documento, lançado depois de seguidos ataques do presidente Jair Bolsonaro (PL) contra as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral brasileiro, foi assinado por autoridades, banqueiros, empresários, ex-presidentes, atletas e artistas.

Published

on

A carta em defesa da democracia e do processo eleitoral brasileiro, divulgada pela Faculdade de Direito da USP, ultrapassou nesta quinta-feira (11) 1 milhão de assinaturas. A marca foi atingida pouco antes das 22h, no mesmo dia em que o texto foi lido, durante evento na sede da faculdade, no Centro de São Paulo.

O documento foi aberto ao público em 26 de julho e assinado por autoridades, banqueiros, empresários, ex-presidentes, atletas e artistas.

Carta da USP em defesa da democracia ultrapassa 1 milhão de assinaturas — Foto: Reprodução
Carta da USP em defesa da democracia ultrapassa 1 milhão de assinaturas — Foto: Reprodução

A data foi escolhida por marcar o aniversário da criação dos cursos de direito no país e coincide com a leitura de manifesto no mesmo local em 1977 para denunciar a ditadura militar, que subtraiu direitos e matou opositores do regime.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral ultrapassa 1 milhão de assinaturas no dia em que foi lida
Continue Reading

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA