.
.

Curiosidade

PM é expulso do quadro da corporação.

Publicados

em

image_pdfimage_print

Foi publicada no Diário Oficial do Estado na quinta-feira (12) a expulsão do quadro da corporação o capitão da Polícia Militar M.M.A.

O oficial condenado pelos crimes de estupro de menor, roubo, sequestro e cárcere privado de uma menina de 13 anos e um adolescente de 17.

O caso aconteceu em setembro de 2014, no distrito de Currupira, em Barra do Bugres (168 km a médio-norte de Cuiabá).

Segundo o processo, o PM estava armado e determinou que o jovem entrasse no porta-malas do carro e a adolescente fosse sentada em um banco no interior do veículo.

Em uma área rural, o policial estuprou a menina de 13 anos. Em seguida, os adolescentes foram liberados sem os telefones celulares e ameaçados de morte. O policial também disse que mataria a família dos jovens, caso eles contassem alguma coisa.

No despacho assinado pelo governador Mauro Mendes (União), o estado indeferiu o pedido de prescrição do processo administrativo disciplinar formulado pela defesa de M.M.A., decidindo “pela incapacidade do capitão de permanecer no serviço ativo da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, pelo cometimento de transgressões disciplinares de natureza grave”.

Leia Também:  Veja quem são as vítimas que morreram em acidente de ônibus na BR-163 em MT

Na decisão, ainda foi citado acórdão proferido em petição pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) no ano de 2018 em que foi determinada a perda de posto de oficial militar e da patente do acusado, com a consequente exclusão dos quadros da corporação militar, sem direito à remuneração e indenização.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curiosidade

Instituto abre inscrições para aulas gratuitas de música e canto para crianças em MT

As vagas estão abertas para crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos.

Publicados

em

image_pdfimage_print

O Instituto Ciranda, abriu inscrições para aulas gratuitas de canto e aprender a tocar um instrumento de orquestra para crianças e adolescentes em Mato Grosso. As vagas estão disponíveis em Cuiabá, Chapada dos Guimarães (MT) e Rondonópolis (MT).

Os interessados devem ter entre 7 e 18 anos e precisam estar frequentando a escola regular.

Na capital, o projeto oferta vagas para aulas de canto e flauta doce. Apenas no município, a faixa etária para as crianças que se interessarem é de 7 a 10 anos.

Em Chapada dos Guimarães, as vagas estão abertas para aulas de violino e flauta doce, com faixa etária comum.

Já em Rondonópolis, o projeto disponibiliza vagas para musicalização infantil e diversos instrumentos, como violino, viola de arco, violoncelo, contrabaixo acústico, flauta transversal, clarineta, saxofone, trompete, trombone, bombardino/tuba e percussão.

O Instituto Ciranda desenvolve desde 2003, projetos na área de música dando acesso ao ensino à crianças e adolescentes do estado. As aulas são custeadas por meio de patrocínios.

Além das aulas práticas, também são ofertados conteúdos teóricos, métodos e partituras. De acordo com o Instituto, o aprendizado de um instrumento musical favorecem o desenvolvimento intelectual, social, cultural e artístico dos alunos.

Leia Também:  Quinta-feira Cuiabá terá recorde de frio; confira

Para se inscrever nas aulas basta acessar o formulário correspondente ao município de interesse e preencher com as informações solicitadas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA