.

Curiosidade

Urgente; Vacinas contra Covid-19 podem estragar em Cuiabá

Publicados

em

image_pdfimage_print

A Prefeitura Municipal de Cuiabá, foi notificada pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) para que adote providências para correção de inconformidades detectadas em inspeção realizada no local destinado ao armazenamento das vacinas contra a Covid-19 na Capital do Estado.

O conselheiro Antonio Joaquim disse na notificação, que a medida se faz necessária diante da projeção do recebimento de um número maior de vacinas contra a Covid-19 pelo município de Cuiabá, bem como da necessidade de realização de um trabalho em conjunto entre os órgãos públicos para mitigar os riscos e as deficiências no armazenamento e distribuição dos imunobiológicos.

Dentre as recomendações feitas à prefeitura, por meio da Nota de Fiscalização elaborada pela Secretaria de Controle Externo (Secex) de Saúde e Meio Ambiente do TCE-MT, está a instalação de alarme sonoro e/ou visual nas câmaras refrigeradas para indicação de porta aberta por tempo maior do que o permitido, conforme preconiza o Manual de Rede de Frio do Programa Nacional de Imunizações.

Leia Também:  Veja novo decreto da Prefeitura Municipal de Cuiabá; Mudanças no toque de recolher e alteração na retomada das atividades; Confira

A Corte de Contas recomendou ainda a instalação, nas câmaras refrigeradas, de sistema de discagem automática para números pré-cadastrados em caso de queda ou oscilação na energia elétrica ou quando a temperatura variar fora dos parâmetros pré-estabelecidos para conservação das vacinas. Também foi apontada a necessidade de manutenção corretiva de um dos termômetros externos utilizados para monitoramento da temperatura.

Por fim, o Tribunal de Contas sugeriu a realização de registro documental de saída e entrada do número de vacinas movimentadas diariamente entre a Vigilância Epidemiológica (local de armazenamento das vacinas) e quaisquer locais utilizados para a vacinação, bem como solicitou o envio de informações por parte do município quanto a necessidade, ou não, de ampliação da capacidade de armazenamento dos imunizantes da Covid-19 e das demais campanhas nacionais de vacinação.

Foi fixado o prazo de 72 horas para que os gestores informem se atenderão as recomendações propostas pelo TCE-MT ou para que apresentem as justificativas sobre a impossibilidade ou inviabilidade de atender a Nota Fiscalizatória.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Curiosidade

Cuiabá suspende aplicação da vacina Coronavac

Publicados

em

image_pdfimage_print

Diante da escassez de vacinas nas cidades brasileiras, Cuiabá também suspende a aplicação da 2ª dose da vacina nesta segunda-feira (17).

Entre os motivos apontados, estão a falta do imunizante e uma “perda técnica” de parte dos lotes que estavam estocados destinados à aplicação da 2ª dose e também em decorrência da aplicação de vacinas em 2,5 mil pessoas de outras cidades

Nota da Prefeitura Municipal de Cuiabá:

Em relação à segunda dose da vacina Coronavac, a Secretaria Municipal de Saúde informa que:

– Dispõe apenas do quantitativo necessário à aplicação dos pacientes renais, que fazem tratamento nas clínicas de hemodiálise de Cuiabá.

– Diante disso, a aplicação de segunda dose de Coronavac em outros públicos, bem como o funcionamento do polo de vacinação no campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), ficarão temporariamente suspensos, até que chegue nova remessa do imunizante por parte do governo federal, previsto para ocorrer na terça-feira (18).

– A SMS destaca que vinha reservando a segunda dose dos munícipes, no entanto, detectou perda técnica, uma vez que os frascos que deveriam conter 10 doses estão contando, na verdade, com 9 doses, o que foi observado em todas as regiões do Brasil.

Leia Também:  Cuiabá suspende aplicação da vacina Coronavac

– Além disso, conforme já divulgado, diante da falta da Coronavac em diversas partes do país, mais de 2,5 mil pessoas de outros municípios conseguiram se vacinar em Cuiabá, prejudicando a conclusão do esquema vacinal de quem tomou a primeira dose na Capital.

– A Pasta já solicitou reposição junto ao Estado, tanto das perdas técnicas quanto das doses aplicadas em pessoas de outros municípios, e reforça que vem tomando todas as medidas para garantir a imunização dos cuiabanos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA