Slide Heading
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Click Here

Esportes

Tite esboça seleção com quatro novidades para duelo contra Venezuela

Publicados

em

A seleção brasileira finalizou a preparação para o duelo desta sexta-feira (13) contra a Venezuela, às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar 2022. A delegação deixa a Granja Comary, em Teresópolis (RJ), nesta quinta-feira (12) à tarde e embarca para São Paulo, onde fica até segunda-feira (16). Da capital paulista, o grupo viaja para Montevidéu, onde enfrentará o Uruguai na terça-feira (17).

Devido aos protocolos sanitários da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a imprensa não pode acompanhar a preparação in loco. Os treinos têm sido exibidos pelo canal da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no YouTube. Nesta quinta (12) pela manhã, Tite liberou a transmissão dos primeiros 38 minutos da atividade – aquecimento e trabalho técnico e tático. O treino de bola parada, iniciado na sequência, não foi mostrado.

Ao longo da semana, Tite não fez mistério sobre o time que deverá mandar à campo. Na última quarta-feira (11), ele separou os jogadores em duas equipes. A que treinou sem colete foi a provável formação titular, com Alisson no gol, Danilo e Renan Lodi nas laterais e Marquinhos e Thiago Silva na zaga. No meio-campo, alinharam Allan, Douglas Luiz e Everton Ribeiro. Já à frente, os escolhidos foram Gabriel Jesus, Richarlison e Roberto Firmino.

Em relação à equipe que derrotou o Peru em Lima por 4 a 2 – com transmissão ao vivo da TV Brasil – na rodada anterior das eliminatórias, são quatro novidades. Recuperado de lesão, Alisson (que teve de ser cortado na convocação passada) ocupou o lugar de Weverton. Sem o volante Casemiro (positivo para covid-19) e o meia Philippe Coutinho (contundido), Tite optou por Allan e Everton Ribeiro para as vagas.

Por fim, no ataque, Gabriel Jesus substituiu Neymar. O jogador do Paris Saint-Germain (França) trata uma lesão na perna esquerda e pode ficar à disposição para o jogo seguinte, contra o Uruguai. O atacante do Manchester City (Inglaterra) treinou atuando pela direita, com Richarlison centralizado e Firmino jogando um pouco mais atrás, com a liberdade que Neymar costuma ter.

Antes de vencer o Peru, o Brasil goleou a Bolívia por 5 a 0 na Neo Química Arena, em São Paulo. Com seis pontos, a seleção lidera as eliminatórias com a mesma pontuação da Argentina, mas ficando à frente pelo saldo de gols (sete a dois). Com três gols, Neymar é o artilheiro da disputa, empatado com os atacantes André Carillo (Peru) e Luís Suarez (Uruguai). Também balançaram as redes pelo time brasileiro: Firmino (dois gols), Richarlison, Coutinho e Marquinhos (um gol cada).

Sexto jogador cortado
O lateral Gabriel Menino é a nova baixa na seleção. O jogador de 20 anos testou positivo para a covid-19 e foi desconvocado nesta quinta (12). Segundo o médico da CBF, Rodrigo Lasmar, os exames dos demais atletas deram negativo. “Já informamos ao departamento médico do Palmeiras. O atleta está assintomático. Iremos realizar uma nova bateria de exames antes do jogo com o Uruguai”, declarou Lasmar.

Trata-se do sexto jogador cortado na lista inicial de Tite. Além de Menino e Casemiro, o zagueiro Éder Militão também foi desconvocado por causa do novo coronavírus. Já Coutinho, o zagueiro Rodrigo Caio e o volante Fabinho deixaram a seleção por conta de lesão. Os zagueiros Felipe e Diego Carlos, os volantes Allan e Bruno Guimarães e o meia Lucas Paquetá foram chamados para suprir as ausências. O atacante Pedro foi convocado devido à contusão de Neymar. O treinador ainda não confirmou se um novo lateral substituirá o atleta do Palmeiras na delegação.

 

Por Agência Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Chamusca deixa o Cuiabá e vai suceder Rogério Ceni no comando do Fortaleza

Publicados

em

O Cuiabá acaba de informar que o técnico Marcelo Chamusca aceitou a proposta do Fortaleza e será treinador do clube, sucedendo Rogério Ceni que foi para o Flamengo. O Fortaleza vai pagar a multa rescisória por quebra de contrato (valor não informado). O seu auxiliar Caio Autuori e o preparador físico Roger Gouveia também acompanham Chamusca.

A saída é imediata e Chamusca nem vai dirigir o Cuiabá em um dos jogos mais importantes, esta noite, diante do Grêmio, pela Copa do Brasil. O time será dirigido interinamente pelo auxiliar-técnico Franco Muller.

Chamusca, ao comandar o Fortaleza, deixa o Brasileiro da Série B e passa a atuar na Série A, principal divisão do campeonato. Ele deixa o Cuiabá entre os três melhores da segundona, na zona de classificação para a elite ano que vem.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA