Mato Grosso

Detran-MT retoma prova de carro de forma gradual em vários municípios do Estado

Publicados

em

image_pdfimage_print


Na próxima quinta-feira (05.08), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) vai iniciar um cronograma de retomada da aplicação da prova prática para categoria B (carro) em diversos municípios do Estado.

Em Cuiabá, onde a demanda represada é maior, será realizado um mutirão para a aplicação das provas entre os dias 09 e 20 de agosto, com o apoio da equipe local totalmente imunizada.

Já em Várzea Grande, o retorno da aplicação das provas categoria B está previsto para início em 30 de agosto.  

De acordo com o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, desde o início da pandemia do Covid-19 o Detran tem buscado formas seguras na condução dos processos de formação dos condutores, de maneira em que os credenciados pudessem continuar as atividades e os candidatos pudessem concluir os processos. O retorno dos exames práticos para as categorias profissionais foi exemplo disso.

“O Detran-MT trabalhou o retorno das provas práticas para categoria B da maneira mais segura possível tanto para candidato como para examinador para evitar a disseminação do Covid-19. A retomada será de forma gradual em todo Estado, a medida em que os examinadores forem imunizados com as duas doses da vacina contra o Covid-19”, ressaltou.

Leia Também:  Governador assina contratos e convênios e investe mais R$ 173 milhões em obras na Região Oeste

Conforme o diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, a perspectiva é que a demanda represada seja atendida até o final do ano, com a ampliação das bancas fixas e o avanço da vacinação dos servidores.

Retorno no interior   

Fica autorizado o retorno da aplicação das provas para categoria B nos seguintes municípios e datas:

Os demais municípios serão atendidos pelas bancas volantes em cronograma específico.

Retorno da prova prática

O Detran-MT já estava aplicando as provas práticas de direção para a categoria A (moto) e mudança de categoria C, D e E em todo Estado.

Entretanto, a prova prática para categoria B estava suspensa por não haver possibilidade de manter o distanciamento físico entre candidato e examinador. Ambos precisam estar juntos no interior do veículo, para que, em caso de emergência, o examinador consiga controlar o veículo.

“Por isso, não podemos utilizar barreiras de acrílico ou outra forma de barreira para promover o distanciamento entre candidato e examinador. Sendo fundamental para esse caso, o examinador estar vacinado contra a Covid-19, para evitar a proliferação do vírus na aplicação das provas, uma vez que a rotatividade de pessoas é alta nos exames práticos”, reforçou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Leia Também:  Mostra de Dança de Mato Grosso ocorre neste fim de semana com aula livre e palestra de Ana Botafogo

Conforme a médica do Trabalho do Detran-MT, Janaina Botaro, as duas doses da vacina não deixam a pessoa 100% imunizada contra o Covid-19 mas, em caso de contágio, diminuiu os riscos de evolução das formas mais graves da doença.

Desde o início da pandemia, o Detran-MT vem desenvolvendo ações de orientações e apresentação de protocolos sanitários na prevenção ao Covid-19. O cuidado do órgão é redobrado, uma vez que o foco principal é o atendimento ao público.

Para a aplicação das provas, o Detran-MT vem seguindo as determinações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, como uso obrigatório de máscaras, álcool 70% para higienização e distanciamento entre os candidatos.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

SES repassa R$ 44,2 milhões a sete municípios via recurso do FEEF

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) transferiu o total de R$ 44,2 milhões a sete municípios de Mato Grosso. O valor é relativo ao Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF) e deve ser destinado aos 11 hospitais filantrópicos contemplados pelo recurso.

As gestões municipais que receberam parte do valor foram: Cuiabá (R$ 30,4 milhões), Rondonópolis (R$ 9,4 milhões), Poconé (R$ 576 mil), Poxoréo (R$ 724 mil), Lucas do Rio Verde (R$ 1,5 milhão), Pontes e Lacerda (R$ 862 mil) e Vila Bela da Santíssima Trindade (R$ 561 mil).

Após a transferência dos valores via Fundos Municipais de Saúde, os municípios são responsáveis pelo direcionamento do recurso às instituições beneficiadas.

“Esse recurso faz a diferença nas gestões dos hospitais filantrópicos, que são essenciais para o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, é impreterível que esses repasses cheguem, o quanto antes, às unidades beneficiadas”, ponderou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Foram contempladas as seguintes instituições: Hospital Geral (R$ 10,7 milhões), Hospital Santa Helena (R$ 8,3 milhões), Hospital de Câncer de Mato Grosso (R$ 8,3 milhões), Instituto Lions da Visão (R$ 2,9 milhões), Santa Casa de Rondonópolis (R$ 8,5 milhões), Casa de Saúde Paulo de Tarso (R$ 886 mil), Hospital Geral de Poconé (R$ 576 mil), Hospital e Maternidade São João Batista (R$ 724 mil), Hospital São Lucas do Rio Verde (R$ 1,5 milhão), Hospital Vale do Guaporé (R$ 862 mil) e Hospital Evangélico (R$ 561 mil).

Leia Também:  Títulos de campeões do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia começam a ser disputados em Cuiabá
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA