Mato Grosso

Em ação conjunta, Gefron e Polícia Civil recuperam motocicleta que estava em poder de um estrangeiro

Publicados

em

image_pdfimage_print


Em ação conjunta, o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e a Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) recuperaram uma motocicleta Yamaha. A ocorrência foi registrada na noite desta terça-feira (21.09), na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade (a 562 km de Cuiabá). 

Durante patrulhamento pela zona rural, os operadores de fronteira abordaram uma moto Yamaha, modelo YBR-125, o condutor era uma pessoa de nacionalidade estrangeira. Após checagem via Centro de Operações do Gefron, foi constatado que a motocicleta era fruto de um furto realizado no dia anterior no município de Pontes e Lacerda (493 km de Cuiabá). 

Diante do fato, o condutor e a motocicleta foram encaminhados à Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime é estimado em R$ 3.800.

(Com supervisão de Débora Siqueira) 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Treze policiais iniciam curso do Bope para uso de cães em operações em MT
Propaganda

Mato Grosso

Unidades penais de Cuiabá e Sinop reforçam segurança com drone

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


Mais uma turma de policiais penais concluiu o curso de Operação de Aeronave Remotamente Pilotada – Drone, dessa vez no interior do estado. O último grupo capacitado foi dos policiais da Penitenciária de Sinop (490 km de Cuiabá). Ao todo, 15 agentes penais envolvidos diretamente com a rotina de rondas e vigilância participaram do curso.

Até o momento, 60 servidores, entre policiais penais e civis de Cuiabá e Sinop, já participaram do curso. Eles aprenderam desde a legislação do espaço aéreo, técnicas de manutenção até voo e pilotagem de drone.

Os primeiros agentes a integrarem o curso foram os policiais penais da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Outra unidade que deve ser atendida pela qualificação será dos policiais penais da Penitenciária de Rondonópolis, Mata Grande.

O treinamento está sendo realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e deve atender as maiores unidades do estado para auxiliar na identificação de atos suspeitos em torno das unidades. 

Para o diretor do presídio de Sinop, Adalberto Dias de Oliveira, a aeronave será um grande auxiliar da segurança na unidade. “Com o aparelho, será possível ampliar o espaço de vigilância da unidade a uma área muito maior e que muitas vezes não seria possível ser observada a partir da visão humana”, comemorou o diretor.

Leia Também:  Visitas presenciais em cadeias e penitenciárias serão retomadas a partir do dia 29

Os drones serão utilizados em momentos estratégicos para auxiliar na observação de ações suspeitas ao redor do presídio. De maneira geral, os equipamentos poderão facilitar a identificação de tentativas suspeitas de aproximação na unidade e até mesmo possíveis fugas e resgate de detentos.

Com os aparelhos, também será possível identificar tentativas de transporte de ilícitos por meio de drones, antes mesmo que a aeronave avance o perímetro interno do presídio. “Com esses aparelhos, podemos chegar a uma distância muito maior, identificar o piloto com maior rapidez e até mesmo fazer prisão do suspeito”, disse o diretor.

Para a vigilância aérea, a penitenciária possui à disposição dos policiais três aeronaves remotamente pilotadas. Uma delas é fruto da apreensão durante uma tentativa frustrada de transporte de drogas e celulares para o interior da unidade ocorrida em 2019. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA