.

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso consegue autorização para vacinar lactantes contra a Covid-19

Publicados

em

image_pdfimage_print


A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou, durante reunião realizada nesta sexta-feira (11.06), a vacinação contra a Covid-19 de lactantes em Mato Grosso. Com a decisão, as próximas remessas encaminhadas pelo Ministério da Saúde já terão quantidades de doses pactuadas para este público.

A reunião foi coordenada pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, que preside a CIB no Estado. De acordo com o setor de Vigilância e Atenção à Saúde do Estado, Mato Grosso tem aproximadamente 44 mil lactantes.

“As lactantes precisam de uma atenção especial, porque a Covid-19 coloca em risco a vida delas e de seus bebês. Por isso, fizemos esse pedido de inclusão nos grupos prioritários e fico muito feliz que a CIB tenha atendido”, declarou o governador Mauro Mendes.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda a vacinação de mulheres que estão amamentando, independentemente da idade do filho, sem a necessidade de interrupção do aleitamento materno. A Organização Mundial da Saúde (OMS) também defende a imunização de lactantes pertencentes aos grupos de risco e não preconiza a interrupção da amamentação após a vacinação.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso convoca candidatos classificados no processo seletivo do Intermat

“Vamos iniciar a vacinação de todas as lactantes até os dois anos de amamentação, mas a CIB editará uma resolução oficial e detalhada amanhã. Isto é, todas as lactantes terão prioridade de vacinação contra a Covid-19. A partir da publicação da resolução, os municípios já poderão iniciar a imunização deste público”, enfatizou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A CIB é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-MT) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Também participou da reunião o vice-presidente da CIB e presidente do Cosems, Marco Antônio Norberto Felipe. “Essa foi uma decisão tomada em consenso e incluiu mais de 50 secretários municipais de Saúde de Mato Grosso”, pontuou o gestor.

Pesquisas realizadas pela Universidade de São Paulo (USP) apontaram que mulheres lactantes vacinadas possuem anticorpos contra o coronavírus em seu leite mesmo após quatro meses da imunização.

De acordo com a Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) do Ministério da Saúde, até o momento, foram aplicadas 984.190 doses de vacina contra o coronavírus em Mato Grosso. Deste total, 689.427 aplicações são relativas à primeira dose e 294.763 são relativas à segunda dose.

Leia Também:  Governador e primeira-dama realizam encontro com lideranças comunitárias nesta quinta-feira (23)
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Seduc esclarece comunidade sobre mudanças em escolas do Grande Cristo Rei

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


A secretaria de Estado de Educação esclarece que o redimensionamento da Educação Básica é uma ação de planejamento da rede pública estadual e municipal. É feito com base nas necessidades e particularidades de cada município.

Em Várzea Grande, a Seduc vai ceder o prédio da Escola Heroclito Leôncio Monteiro, no bairro Cristo Rei, para o município de Várzea Grande. O redimensionamento, neste caso, também envolve a Escola Estadual Dom Bosco, localizada na mesma região. Para tirar dúvidas da comunidade escolar e explicar como será essa etapa do redimensionamento, a Seduc realizou uma reunião na unidade nesta terça-feira (21.09).

Hoje, a Escola Heroclito Leôncio Monteiro possui 492 estudantes matriculados, sendo 241 nos anos iniciais do Ensino Fundamental e 251 nos anos finais do Ensino Fundamental.

A Escola Dom Bosco atende 639 alunos, sendo 291 nos anos iniciais do Ensino Fundamental e 348 nos anos finais.

Planejamento para 2022

Recebendo o prédio da Escola Heroclito, a partir de 2022, o planejamento da secretaria municipal de Educação é atender estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e vai abrir matrículas para crianças de 4 e 5 anos.

Leia Também:  Batalhão de Trânsito da PM promove 2º Pit Stop Pedal Tran neste domingo (19)

Além dos 241 alunos dos anos iniciais que já estão na escola, vai receber os 291 da Escola Dom Bosco.

A Escola Dom Bosco continuará atendendo os 348 estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental e receberá os 251 dos anos finais da Heroclito.

Entenda o redimensionamento

O redimensionamento cumpre a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB – 9.394/96), que passou a ser estruturada por etapas e modalidades de ensino, englobando a Educação Infantil, o Ensino Fundamental obrigatório de nove anos e o Ensino Médio.

Trata-se da organização dos alunos que estão na mesma etapa/modalidade em uma única unidade escolar, otimizando, assim, o espaço existente, ampliando o número de vagas, buscando garantir o acesso à educação básica.

O reordenamento das estruturas físicas de educação inclui a cessão de uso de escolas aos municípios, transferência de alunos para outras unidades e entrega dos prédios alugados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Nos casos da cessão aos municípios, o Governo dará todo suporte, inclusive financeiro, com as reformas necessárias.

Leia Também:  Reunião acerta detalhes para expedição de RGs para índios em mutirão

Profissionais

O profissional pedagogo pode escolher se permanece na escola que for cedida ao município ou se quer ser atribuído para outra unidade da rede estadual. Vale destacar que o profissional que permanecer na unidade, o Estado fará um termo de cooperação com o município. Esse profissional não terá nenhum prejuízo em sua carreira, continua com o mesmo subsídio e pode participar dos processos seletivos da Seduc.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA