.

Mato Grosso

LabCom Satélite 3 traz novas perspectivas pessoais e profissionais a jovens da periferia de Primavera do Leste

Publicados

em

image_pdfimage_print


A dificuldade de acesso ao ensino superior, a falta de perspectivas profissionais e o preconceito por viver na periferia da cidade fazem parte da realidade enfrentada por muitos jovens por todo o país. Em Primavera do Leste, município a 240 km de Cuiabá, esses desafios integraram a formação oferecida pelo Laboratório de Comunicação e Cultura (LabCom) Satélite 3 e trouxe novas perspectivas pessoais e profissionais a 20 jovens atendidos pelo projeto.

Selecionado no edital Conexão Cultura Jovem da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o projeto ofertou cursos profissionalizantes na área de comunicação que usaram a realidade dos participantes para traçar caminhos de mudança por meio do protagonismo juvenil. Além do aprendizado, os jovens receberam bolsa de auxílio financeiro mensal de R$ 400. 

As atividades ocorreram durante quatro meses na comunidade formada pelos bairros Primavera e Residencial Padre Onesto Costa, na região conhecida por Cidade Satélite Primavera 3 e que referencia o nome do LabCom. A capacitação envolveu conteúdos na área de comunicação e cultura, com cursos de design gráfico, produção de campanha, produção de conteúdo, edição e captação de vídeo.

“O Satélite 3 buscou valorizar e dar subsídios para que esses jovens possam ir além do ensino médio, aumentando o índice de jovens no ensino superior moradores dessa região, colocando-os como produtores de informação, em condições de dominar os equipamentos de mídia e comunicação, sentindo-se capazes de atingir as pessoas, e principalmente, aprendendo profissões que valorizem sua criatividade ao mesmo tempo que impacta a sua existência e de seus familiares”, pontua Edilene Rodriguez, uma das coordenadoras do projeto.

Leia Também:  Sinfra bloqueia tráfego na MT-220 para avanço das obras da ponte sobre o rio Batelão II

De acordo com Edilene, seis dos 20 alunos já estão no mercado de trabalho e o LabCom está providenciando o encaminhamento dos demais para empresas do município. “Estamos ainda visando a possibilidade de continuação desse projeto por outras vias, afinal são vários frutos que foram colhidos e pretendemos atingir outros bairros em situação de vulnerabilidade social de Primavera do Leste”.

Para o secretário adjunto de Cultura da Secel, Jan Moura, que participou nesta semana da formatura com entrega de certificados, o projeto Satélite 3 garante oportunidades para os jovens irem mais longe. 

“Esses jovens não pararão por aqui, pois satélite é este instrumento que conecta, e o sinal de vocês e o brilho dessa existência vão chegar muito longe. Saímos daqui com as certezas renovadas que a cultura é revolucionária e pode transformar um povo, e a vida de tanta gente!”

Materiais desenvolvidos no Satélite 3

O conhecimento adquirido no Conexão Satélite 3 foi exercitado e aplicado em campanhas publicitárias para incentivar o ensino superior e valorizar a história a região de moradia dos participantes. 

Leia Também:  Governo entrega nova unidade da PM e reforça segurança no Centro Político Administrativo

Com elaboração e divulgação de diversas peças, que incluíram vídeos, outdoors, flyers e artes de redes sociais, os jovens falaram sobre o acesso à universidade e sobre o desenvolvimento dos bairros sob a ótica da própria comunidade, ajudando a reduzir o preconceito em relação à região e a fortalecer o orgulho de seus moradores.

O projeto ainda contou um site que apresenta as artes, campanhas e vídeos produzidos e matérias informativas sobre as atividades que foram elaboradas pelos próprios alunos. Na página também é possível conhecer os jovens participantes do projeto, a maioria mulheres e negros. Acesse aqui

Confira também alguns vídeos das campanhas:  

Vídeo 1: Eu sou Primavera 3 

Vídeo 2: A Cidade Satélite é a protagonista dessa história 

Vídeo 3: Nós somos Primavera do Leste

Vídeo 4: Somos Satélite 3

Demais vídeos estão disponíveis no canal Conexão Satélite no YouTube. Link aqui.

Outdoor da campanha de incentivo à universidade

Alunos acompanham gravação da web série ‘Fica Perto’

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Sefaz promove audiência pública para elaboração do PLOA 2022

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Primeira-dama do Estado recebe título de cidadã barra-garcense em reconhecimento por programas sociais

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA