.

Mato Grosso

Projeto dá visibilidade a pessoas LGBTQIA+ em exposição virtual, blog e documentário

Publicados

em

image_pdfimage_print


A instalação artística “Corpo Espetáculo” é um projeto aprovado no edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), e que criou espaço para que 11 pessoas LGBTQIA+, sendo a maioria pessoas trans, possam falar de suas existências e dialogar, por meio da arte e da fotografia, suas histórias, perspectivas e modos de estar no mundo.

O projeto conta com uma exposição virtual que pode ser acessada no Instagram @corpo_espestaculo. As modelos que participaram do projeto são de Cuiabá, Rondonópolis e Primavera do Leste. As fotos retratam por meio dos figurinos e da maquiagem um pouco da forma como elas se expressam, seja como multiartistas, estudantes, ativistas, e como pessoas que sonham com dignidade e respeito.

Além da exposição, o projeto apresenta a história dos participantes no blog https://corpoespetaculo.medium.com/. Corpo Espetáculo também está ofertando uma oficina de pintura intuitiva que apresentará técnicas de pinturas em diferentes objetos, espaços ou corpos. Serão duas turmas, a primeira nos dias 06 e 07 de agosto, e a segunda nos dias 20 e 21 de agosto. A oficina é online com transmissão pela plataforma Google Meet. A inscrição é gratuita e está disponível AQUI.

Leia Também:  Estado recebe presidente do Inmetro e estreita parcerias

Também foi produzido o documentário “Corpo Espetáculo”, com pré-estreia marcada para o dia 14 de agosto (sábado), às 19h. Para assistir é necessário solicitar o ingresso pelo Sympla. O ingresso é gratuito. A transmissão será pela plataforma Google Meet, e depois da primeira exibição ficará disponível no canal do projeto no Youtube.

O proponente, Ricardo Almeida, conhecido como Paçoca, explica que o Corpo Espetáculo se trata de uma abertura de espaço para que as pessoas dialoguem e absorvam as vivências de pessoas LGBTQIA+ para além do que elas são. Almeida é o responsável pela direção artística, design de figurinos e maquiagem da instalação.

“Fizemos um recorte muito pautado em pessoas transexuais, que possuem certa invisibilidade. São trans, travestis, intersexo, queers, drag queens, pessoas que não seriam objeto de diálogo em espaços elitizados. Suas fotos e seus depoimentos que se transformaram em um documentário tratam sobre vivências, trabalhos e os desafios que essas pessoas enfrentam em suas vidas”.

Ocupando espaços

O Corpo Espetáculo fotografou e entrevistou a travesti preta Lupita Amorim, a drag queen Dan Close; o multiartista Pedro Scalart, que se define como uma bicha preta e afeminada; e Geo Rodrigues que é uma pessoa trans não-binária.

Leia Também:  Escola Nacional do Consumidor oferece inscrições para cursos online

De Rondonópolis, participaram Abayomi Jamila, pessoa não-binária; Adriana Liário, mulher trans; Majur, indígena que é a primeira mulher trans a se tornar cacique em Mato Grosso; e Nicolas de Jesus, que é homem trans e que expressa nas artes sua visão sobre a vida.

O projeto traz ainda Camila Lima, mulher trans que se dedica ao ativismo em nome das causas LGBTQIA+ e que produz fantasias de carnaval, trabalho em conjunto com Mayara Lima, também mulher trans; e Monique Lorrayne, mulher trans que está ganhando as redes sociais como influencer digital. Ambas são de Primavera do Leste.

Serviço

Instalação Artística Corpo Espetáculo

Exposição virtual disponível no Instagram @corpo_espestaculo e no blog Corpo Espetáculo

Oficina online de pintura intuitiva: 06, 07, 20 e 21 de agosto

Inscrição: https://www.sympla.com.br/oficina-de-pintura-intuitiva-corpo-espetaculo__1281966

Pré-estreia documentário: 14 de agosto (sábado), às 19h

Ingresso: https://www.sympla.com.br/pre-estreia-o-filme-exposicao-da-instalacao-artistica-corpo-espetaculo__1291931

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Governo de MT não assinou contrato de compra de vacina com Instituto Butantan, apenas protocolo de intenção

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


O Governo de Mato Grosso esclarece que assinou um protocolo de intenção de compra de vacinas contra a Covid-19 junto ao Instituto Butantan no início de 2021. A gestão estadual avalia se haverá a necessidade de aquisição futura do imunizante, tendo em vista a disponibilização de vacinas em larga escala pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

Até o momento, o Governo do Estado não assinou contrato junto ao Instituto Butantan para a compra de mais doses de vacina.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Escola Nacional do Consumidor oferece inscrições para cursos online
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA