.

Mundo

Marido descobre que amante de esposa vivia escondido em sua própria casa há um ano

Publicados

em

image_pdfimage_print

Uma mulher abrigou o amante, por um ano, na casa onde morava com o esposo. O que mais impressiona nessa história é o marido não ter percebido que tinha mais alguém na residência.

A situação foi longe demais porque o amante era ‘esperto’. Para não ser descoberto, ele não saía para nada, ficava o tempo confinado e claro, contava com a ajuda da mulher para conseguir se alimentar e fazer as necessidades fisiológicas.

O casal mora em Alabama, Estados Unidos e esta história terminou de forma desastrosa e quase resultou em mortes, mas felizmente todos estão vivos e a polícia prendeu o amante e também a mulher.

Os dois trocaram agressões, tiros e a vizinhança ficou em pânico, acionando a polícia que logo chegou ao local e os dois precisaram ser levados para o hospital, pois se encontravam gravemente feridos.

Michael Amacker era amante de Tracy e eles faziam uso de drogas constantemente. De acordo com o canal FOX 10, Michael ficava escondido, enquanto a amante levava comida para ele durante algumas vezes ao dia. Ele só saía do esconderijo quando precisava ir ao banheiro, mesmo assim, urinava em garrafas que eram armazenadas para depois serem colocadas o lixo. A polícia encontrou várias garrafas destas na residência.

O amante já teve alta médica e foi detido assim que deixou o hospital. A mulher também foi presa. O marido ainda não disse se dará uma segunda chance à Tracy, ou se pedirá o divórcio.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

Penitenciária superlotada é incendiada e deixa em 41 mortos

Publicados

em

image_pdfimage_print

A penitenciária de Tangerang foi alvo de um incêndio na ilha indonésia de Java , na madrugada da última quarta-feira (08). O acidente resultou na morte de 41 detentos e deixou outras 80 pessoas feridas – oito delas estão em estado grave.

Fadil Imran, chefe da polícia de Jacarta, confirmou o número de vítimas. Os sobreviventes foram encaminhados aos hospitais de Tangerang. Prisioneiros com ferimentos leves foram destinados a uma clínica de cuidado.

A penitenciária de Tangerang foi alvo de um incêndio na ilha indonésia de Java , na madrugada desta quinta-feira (08). O acidente resultou na morte de 41 detentos e deixou outras 80 pessoas feridas – oito delas estão em estado grave. As informações são do portal G1.

Fadil Imran, chefe da polícia de Jacarta, confirmou o número de vítimas. Os sobreviventes foram encaminhados aos hospitais de Tangerang. Prisioneiros com ferimentos leves foram destinados a uma clínica de cuidado.

Yasonna Laoly, ministro da Justiça e Direitos Humanos, ressaltou que “o fogo se espalhou rapidamente e não houve tempo para abrir algumas celas. Quando os guardas descobriram, as chamas já haviam se espalhado e vítimas foram encontradas”.

Imran ressaltou que verificou “o local e com base na observação inicial, parece que (o incêndio) ocorreu devido a um curto-circuito”. As investigações seguem, mas a principal linha de investigação é a de uma possível falha de energia no sistema elétrico do presídio.

 

Da Redação 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA