.

Nacional

Adolescente é estuprada por 8 homens

Publicados

em

image_pdfimage_print

Neste último final de semana, uma jovem de 16 anos foi vítima de estupro coletivo. No total, foram oito homens que abusaram da moça. Fizeram de tudo, inclusive a forçaram a fazer sexo oral e anal com cada um deles.

A jovem havia saído com um casal de amigos namorados quando encontrou com o seu ex-namorado junto com um grupo de pessoas. O ex foi falar com ela e apresentar um amigo.

Na conversa, o ex sugeriu que ela ficasse com o amigo dele e ela negou. Depois, perguntou se a garota ficaria com ele e ela disse que sim. Na sequência, a adolescente conta que, o garoto a arrastou para um canto da praia onde estavam junto de seu amigo e  em seguida apareceu mais outros seis jovens, onde então começaram os atos de estupro.

Ela conta à polícia onde foi prestar queixa, “Eu fui batida, eu fui totalmente humilhada e eu não desejo pra ninguém passar por isso, nem pra uma inimiga” e acrescenta “ fui obrigada a fazer sexo oral e anal com os estupradores”.

Leia Também:  Morre aos 87 anos a atriz Eva Wilma vítima de câncer

E acrescenta, “Cada um que fez vai pagar porque minha família tá tudinho atras e a justiça vai ser feita. E outra: não adianta dizer, fazer ameaça comigo, não. Porque eu não vou cansar, não vou cansar até pegar os oito, eu não vou cansar”, disse ela, chorando. “Infelizmente nós mulheres sofremos por isso em pleno século 21”.

A moça também usou as redes sociais para denunciar os estupradores. Onde sua mão se pronunciou: “Como é que faz uma covardia dessa, oito caras fazer isso com uma menina? Isso não se faz com mulher nenhuma. Vocês não pensam na mãe de vocês, na família de vocês, vocês não pensam na irmã? Ninguém é obrigado a fazer nada forçado. Eu sou mãe, eu tô com o coração dilacerado”, fala a mãe da vítima.

Após o estupro, a jovem prestou queixa na polícia civil, e o caso foi encaminhado ao Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente, devido à idade da vítima e dos autores do estupro.

Leia Também:  Juristas citam “doença mental” e pedem afastamento de Bolsonaro ao STF; Confira a petição na íntegra

 

Jornalista: Fabiane Serra

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Nacional

MC Kevin morre no Rio após cair do 11º andar de hotel na Barra da Tijuca

Informação da Secretaria de Saúde do Rio foi divulgada por volta das 21h45. Funkeiro foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o hospital Miguel Couto, na Gávea.

Publicados

em

image_pdfimage_print
O funkeiro MC Kevin morreu aos 23 anos na noite deste domingo (16), após sofrer um grave acidente. Ele caiu da varanda do 11º andar de um hotel localizado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e precisou ser levado às pressas para o hospital Miguel Couto, na Gávea. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirmou a entrada de Kevin no hospital e informou que seu estado de saúde era muito grave. Alguns minutos depois, trouxe a notícia de que o funkeiro não havia resistido aos ferimentos.
“Infelizmente, o paciente Kevin Bueno não resistiu e faleceu”, dizia a nota, enviada pela Secretaria ao UOL. Angelo Canuto, amigo de Kevin, chegou a conversar com a reportagem e disse que, ao lado da família do cantor, pegaria um voo de São Paulo para o Rio para entender melhor tudo que aconteceu. Na noite de ontem, MC Kevin se apresentou em uma balada do Rio. Ele visitava a cidade acompanhado da mulher, a advogada Deolane Bezerra.
Carreira marcada por polêmicas
MC Kevin era acompanhado por quase 9 milhões de pessoas no Instagram, fora os 535 mil inscritos de seu canal no YouTube. Na plataforma, o funkeiro já tinha 15 clipes acima de 1 milhão de visualizações cada, incluindo os hits “Terapia” e “Piscina de Diamante”. No Spotify, o funkeiro contava com quase 2 milhões de ouvintes mensais.
Apesar de todo o sucesso, sua carreira foi marcada por diversas polêmicas. Em fevereiro deste ano, ele precisou prestar depoimento após ser acusado de desacato pela Polícia Militar de São Paulo. O MC teria debochado dos policiais no Instagram após ter sido orientado a não passar por uma via na Zona Norte da capital paulista.
Apesar de todo o sucesso, sua carreira foi marcada por diversas polêmicas. Em fevereiro deste ano, ele precisou prestar depoimento após ser acusado de desacato pela Polícia Militar de São Paulo. O MC teria debochado dos policiais no Instagram após ter sido orientado a não passar por uma via na Zona Norte da capital paulista.
No mesmo mês, Kevin também arrumou briga com MC Livinho. Os dois funkeiros trocaram farpas nas redes sociais e Kevin acusou Livinho de procurá-lo apenas por interesse. “Vou dar atenção para o MC PH que venceu droga comigo, passou sufoco comigo e viu que a favela venceu”, disse Kevin, na época.
Relacionamento conturbado
Antes de oficializarem a relação em abril, Kevin e sua mulher, Deolane, também passaram por altos e baixos. Em dezembro do ano passado, vídeos de uma suposta discussão dos dois ganharam espaço em perfis de fofoca no Instagram.
Em fevereiro, Kevin e Deolane chegaram a colocar um ponto final na relação, mas ele admitiu que sentia falta da companhia da mulher. “Triste saber que perdi a mulher da minha vida. Fui imaturo. Todo ser humano comete erros na vida, acho que vivo uma vida muito intensa muito difícil. Tivemos os melhores momentos da minha vida”, disse o MC. Ao reatar o romance, os dois viajaram para Dubai e, em abril, se casaram em uma cerimônia realizada em Tulum, no México
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Homem descobre que caixão da mãe sumiu do túmulo ao enterrar o corpo da mulher
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA