Nacional

Amapá: fornecimento de energia é restabelecido

Publicados

em

Vinte e um dias após um incêndio em uma subestação energética de Macapá deixar 13 das 16 cidades do Amapá sem energia elétrica, a empresa privada concessionária do serviço público, Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), conseguiu colocar em funcionamento um segundo transformador, permitindo o restabelecimento do fornecimento de luz.

Com a restauração da carga de energia de que o sistema necessita para funcionar plenamente, a estatal amapaense responsável pela distribuição da energia elétrica, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), anunciou o encerramento do rodízio imposto pelo incêndio na subestação pertencente a LMTE.

“A normalização do serviço ocorreu após a entrada em funcionamento do segundo transformador, esta madrugada”, informa a CEA, em nota. “Com isto, o fornecimento foi garantido em 100% para atender os 13 municípios que foram afetados com o acidente na subestação de Macapá, no dia 3 de novembro […] e o rodízio do fornecimento de energia foi oficialmente encerrado”, acrescenta a companhia.

Outro transformador da subestação Macapá já vinha operando desde a madrugada do dia 7. Além disso, no último sábado (21), duas usinas termelétricas (UTEs Santana II e Santa Rita), operadas pela estatal Centrais Elétricas do Norte do Brasil (Eletronorte), foram acionadas a fim de reforçar o suprimento energético para o estado.

Leia Também:  Butantan aguarda envio de novo lote de insumos da China para retomar envase da CoronaVac em SP

Segundo o Ministério de Minas e Energia, o segundo transformador da subestação Macapá foi energizado por volta das 3h30 de hoje (24), possibilitando que o fornecimento de energia elétrica fosse restabelecido. “O sistema elétrico do Amapá conta, atualmente, com o suprimento a partir de dois transformadores na subestação (que conecta o estado ao Sistema Interligado Nacional), da geração da usina hidrelétrica Coaracy Nunes e da geração térmica local instalada nesta semana”, assinala a pasta, também em nota.

O transformador que começou a funcionar esta madrugada foi transportado do município de Laranjal do Jari, na região sul do Amapá, a bordo de uma balsa, e chegou à capital no fim da noite do último dia 17. Só o transporte pelo rio demorou cerca de 30 horas.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, outras medidas conjuntas já estão sendo adotadas pelas diversas organizações do setor para “aumentar a confiabilidade” do fornecimento de energia elétrica para a população. Além disso, as razões do incêndio do dia 3, bem como de um segundo blecaute, registrado no último dia 17, estão sendo apuradas.

Leia Também:  Falta de oxigênio: o papel dos governos municipal, estadual e federal na crise que deixou pessoas morrerem asfixiadas por Covid no Amazonas

 

Por Agência Brasil 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Nacional

PM vai a prostíbulo atender uma denuncia, se embriaga e é preso pelado no local

Publicados

em

Um policial militar de 39 anos foi preso após ser flagrado nu e embriagado durante o período que estava em serviço, em um prostíbulo de Jataí, na região sudoeste de Goiás. Segundo a corporação, o militar teria ido até o local atender uma denúncia relacionada a porte de arma de fogo, mas chegando ao local, começou a ingerir bebida alcoólica e a se relacionar com uma prostituta.

O caso aconteceu na madrugada do último domingo (17). De acordo com a PM, o sargento teria ido até a casa noturna acompanhado de um soldado para verificar se uma pessoa estava portando uma arma de fogo, mas ao chegar lá não encontraram nada.

Conforme o relato da PM no boletim de ocorrência, o outro policial que acompanhava o sargento chegou a chamá-lo para ir embora por diversas vezes, mas ele se negou a deixar o prostíbulo e acabou sendo deixado pelo companheiro no local.

Ainda segundo a PM, o comandante do batalhão da região, ao tomar conhecimento do fato, determinou que o efetivo da equipe que estava trabalhando no dia fosse até a casa noturna autuar o militar, em flagrante. Consta ainda na ocorrência que ao chegar no quarto onde o PM estava, ele foi encontrado sem roupa, com a farda e a arma jogadas no chão. Após ser preso, o policial foi encaminhado para a Corregedoria da Polícia Militar em Goiânia.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vacinação só deve começar quando todas as capitais estiverem com as doses, avisa Pazuello
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA