Policial

Homem é preso por uso de documento falso e policiais civis descobrem contra ele mandado de prisão por roubo

Publicados

em

image_pdfimage_print


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um homem de 31 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (25), em Confresa, no noroeste do estado, por uso de documento falso. Além disso, os policiais civis constataram que contra o suspeito de usar uma identidade falsa havia um mandado de prisão decretado pela Justiça do Estado do Tocantins.

O falsário foi intimado à Delegacia de Confresa para depor no inquérito instaurado para apurar a origem de uma carga de defensivos apreendida pela unidade policial, em agosto deste ano.

Na ocasião da apreensão dos produtos, o suspeito se apresentou como proprietário da carga e forneceu um documento de identificação. Desconfiada da origem e legalidade do documento, a Delegacia de Confresa solicitou informações à Perícia Oficial e Identificação Técnica Oficial (Politec) do prontuário da identidade, em que constam a matrícula da Certidão de Nascimento, entre outras informações necessárias.

A partir do número da certidão, os policiais procuraram o cartório responsável, na cidade de Paranã, no Tocantins, que disse não haver nenhum registro com o nome informado e que o livro de registros conforme constava no documento correspondia a nascimentos ocorridos entre os anos de 1925 a 1932, assim como não existe o hospital onde teria ocorrido o suposto nascimento e a certidão não trazia o selo de autenticação obrigatório. Diante das informações recebidas do cartório, os policiais constataram que se tratava de um documento falso.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão contra padrasto que abusava sexualmente de 4 enteadas menores de idade

Nesta segunda-feira, quando o suspeito se apresentou para ser ouvido na delegacia e forneceu o documento de identificação, que os investigadores já sabiam se tratar de uma falsificação, foi preso em flagrante.

Ao constatar o nome real do suspeito, a equipe da Delegacia de Confresa apurou que havia um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido em junho deste ano pela Comarca de Paraíso do Tocantins pelos crimes de roubo qualificado de defensivos agrícolas e associação criminosa.

Apreensão de defensivos

Em 28 de agosto, policiais civis estavam em diligência para localizar um caminhão que transportaria madeira beneficiada. No local informado havia um veículo com as mesmas características, porém, o condutor disse que estava transportando óleo de anilina.

O suposto dono da carga declarou que era produtor agrícola na região e havia adquirido os nove mil litros do produto para aplicação na lavoura, e que estava apenas guardando os galões na transportadora. No documento de manifesto eletrônico fiscal apresentado, apenas constavam carimbos da agência agropecuária e da Secretaria de Fazenda do Pará, sem qualquer assinatura.

Leia Também:  Receptador é preso com TV roubada e outros materiais sem comprovação lícita

Os galões não tinham nenhuma identificação ou bula do produto, assim como o caminhão não tinha informação do tipo de carga transportada. Diante das irregularidades, a carga foi apreendida e os responsáveis encaminhados à delegacia.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Autor de feminicídio contra ex-mulher em VG é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 36 anos foi autuado em flagrante pela Polícia Civil, na noite deste domingo (05.12) pelo crime de feminicídio cometido contra sua ex-mulher, de 33 anos, e pela tentativa de homicídio contra o ex-sogro, de 67 anos, no bairro Jardim Glória 1, em Várzea Grande. Os crimes foram presenciados pela filha do casal, de 12 anos.

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada no início da noite de domingo sobre a ocorrência de um homicídio. Ao chegar na residência, os policiais civis encontraram a técnica de enfermagem, Franciele Robert da Silva, de 33 anos, em um quarto nos fundos da casa. O corpo tinha várias perfurações de arma perfurocortante.

Conforme as informações colhidas no local, o autor do crime chegou à residência do pai da vítima neste domingo, pelos fundos, e forçou a entrada na casa. Ele entrou em luta corporal com o idoso e o feriu gravemente. Depois, foi até o quarto onde a vítima tentava se esconder junto com a filha e arrombou a porta, desferindo os golpes contra a técnica de enfermagem.

Leia Também:  Após denúncia, Polícia Civil prende em flagrante homem que violentava psicologicamente a companheira

Franciele estava separada do suspeito e tinha uma medida protetiva em virtude das ameaças que ele já havia feito contra ela e os filhos.

Após cometer os crimes, o suspeito se feriu e disse que havia tentado contra a própria vida. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e, depois de atendido no Pronto-socorro de Várzea Grande, foi encaminhado pela Polícia Militar até a DHPP.

O autor dos crimes foi autuado em flagrante por feminicídio e tentativa de homicídio. O delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr. encaminhou representação ao Poder Judiciário pela conversão do flagrante em prisão preventiva, que deverá ser analisada na audiência de custódia.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA