Policial

Inquérito de homicídio ocorrido em Campo Novo do Parecis é concluído e remetido à Justiça 

Publicados

em

image_pdfimage_print


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Campo Novo do Parecis, concluiu nesta segunda-feira (25.10) o inquérito da morte de Leandro Alves Teles, 38 anos, ocorrida no dia 16 deste mês, e indiciou o autor do crime por homicídio doloso, qualificado por motivo torpe e meio cruel. 

No dia 16 de outubro, o autor do homicídio, de 33 anos, desferiu diversos golpes de faca contra a vítima, em via pública, no centro da cidade. 

Antes de ocorrer o homicídio, a esposa do investigado estacionou seu veículo próximo a uma agência bancária e em seguida, a vítima aproximou-se. Logo depois, surgiu o autor do crime, de motocicleta, e jogou o veículo contra a vítima. Em seguida, o investigado bateu com o capacete contra Leandro, que logo depois saiu do local. 

Entretanto, após Leandro ficar de costas para o investigado, este pegou uma faca que estava no baú da motocicleta e foi em direção à vítima. Populares que estavam próximos ao local alertaram Leandro, que fugiu da ação do autor do crime. Porém, o investigado o alcançou e desferiu golpes de faca contra o abdômen e o pulmão da vítima. 

Leia Também:  Ação integrada resgata com vida homem que estava desaparecido há 10 dias

Leandro ainda tentou correr e buscar ajuda em um estabelecimento comercial, porém, os  funcionários fecharam a porta e ele caiu no chão, quando então o autor do crime o alcançou novamente e desferiu outros golpes, consumando o homicídio. 

Prisão

Imediatamente após o crime, as equipes policiais iniciaram as diligências para localizar o suspeito, que foi encontrado pela Polícia Militar em uma rua nas proximidades de onde ocorreu o crime. Conduzido à Delegacia de Campo Novo do Parecis, ele foi autuado em flagrante pelo delegado Honório Gonçalves do Anjos Neto, que conduziu a investigação. 

Oitivas

Diversas pessoas foram ouvidas pela na Delegacia de Campo Novo do Parecis, entre elas o funcionário da loja para onde a vítima tentou correr em busca de proteção. O funcionário, na avaliação do delegado, agiu sob necessidade para preservar a equipe de risco iminente. 

A esposa do autor do crime também foi ouvida por carta precatória na semana passada, uma vez que ela não se encontrava em Campo Novo dos Parecis. 

Com a conclusão da investigação, o inquérito foi remetido ao Poder Judiciário. O investigado pelo homicídio permanece detido em uma unidade prisional e teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva.

Leia Também:  Depois de um histórico de violência, mulher denuncia ex-companheiro, preso em flagrante por perseguição

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Autor de feminicídio contra ex-mulher em VG é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 36 anos foi autuado em flagrante pela Polícia Civil, na noite deste domingo (05.12) pelo crime de feminicídio cometido contra sua ex-mulher, de 33 anos, e pela tentativa de homicídio contra o ex-sogro, de 67 anos, no bairro Jardim Glória 1, em Várzea Grande. Os crimes foram presenciados pela filha do casal, de 12 anos.

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada no início da noite de domingo sobre a ocorrência de um homicídio. Ao chegar na residência, os policiais civis encontraram a técnica de enfermagem, Franciele Robert da Silva, de 33 anos, em um quarto nos fundos da casa. O corpo tinha várias perfurações de arma perfurocortante.

Conforme as informações colhidas no local, o autor do crime chegou à residência do pai da vítima neste domingo, pelos fundos, e forçou a entrada na casa. Ele entrou em luta corporal com o idoso e o feriu gravemente. Depois, foi até o quarto onde a vítima tentava se esconder junto com a filha e arrombou a porta, desferindo os golpes contra a técnica de enfermagem.

Leia Também:  Homem morre após beber grande quantidade de álcool 70%

Franciele estava separada do suspeito e tinha uma medida protetiva em virtude das ameaças que ele já havia feito contra ela e os filhos.

Após cometer os crimes, o suspeito se feriu e disse que havia tentado contra a própria vida. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e, depois de atendido no Pronto-socorro de Várzea Grande, foi encaminhado pela Polícia Militar até a DHPP.

O autor dos crimes foi autuado em flagrante por feminicídio e tentativa de homicídio. O delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr. encaminhou representação ao Poder Judiciário pela conversão do flagrante em prisão preventiva, que deverá ser analisada na audiência de custódia.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA