.

Policial

Operação Olho d’Água cumpre mandado em propriedade rural e apreende defensivos, arma e munições

Publicados

em

image_pdfimage_print


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil apreendeu nesta terça-feira (04.05) 96 litros de defensivos agrícolas, arma e munições de diversos calibres em uma propriedade rural na MT-220, próxima ao município de Tabaporã, durante a Operação Olho d’Água, da Delegacia de Roubos e Furtos de Sinop. Uma pessoa foi presa em flagrante por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, contrabando e crime ambiental.

A operação contou com apoio da Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil e cumpriu ainda um mandado de busca e apreensão na propriedade.

De acordo com o delegado titular da Derf de Sinop, Ugo Reck Mendonça, a operação foi realizada na mesma propriedade alvo de outra investigação da Polícia Civil, em 2019, que apurou o furto de soja. Na ocasião, o proprietário da fazenda foi preso com maquinários agrícolas e veículos roubados e respondeu a inquérito policial pelos crimes praticados.

Com a denúncia de que na mesma propriedade havia movimentação suspeita, a Derf de Sinop iniciou as investigações e nesta terça-feira cumpriu o mandado de busca no local e apreendeu dezenas de galões com defensivos agrícolas na forma líquida, de diversas marcas, além de 25 pacotes de benzoato.

Leia Também:  Polícia Civil recupera motocicleta roubada em Cuiabá em posse de irmãos com passagens criminais

Os policiais civis localizaram os defensivos em diferentes pontos da propriedade, armazenados de forma irregular, o que caracteriza crime ambiental. Parte dos defensivos estava escondida em uma área de mata, outros galões dentro de um maquinário agrícola e dentro de um barracão de forma inapropriada.

No quarto da residência foram localizadas 85 munições de diversos calibres e uma espingarda calibre 12.

“É importante salientar que, além de todos defensivos terem sido apreendidos e estarem acondicionados de forma irregular, há crianças que circularam no local, ou seja, expostas ao perigo de contato com esse tipo de produto”, explicou o delegado.

Os defensivos apreendidos estavam sem nota fiscal e uma parte deles é de origem paraguaia.

Todo o material apreendido foi encaminhado para a DERF. O Suspeito de 43 anos foi autuado em flagrante por porte de arma de fogo com identificação adulterada, contrabando consumado e por abandonar substâncias tóxicas, perigosas ou nocivas à saúde humana ou ao meio ambiente e utilizadas em desacordo com as normas de segurança.

Leia Também:  Rotam tira droga de circulação no bairro Jardim das Palmeiras

As investigações sobre o caso prosseguem para identificar se há outros envolvidos.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil apreende armas de fogo e mais de 80 munições em chácara na zona rural de Cuiabá

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas armas de fogo e mais de 80 munições encontradas em uma propriedade em uma região de chácaras em Cuiabá foram apreendidas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), durante checagem de denúncia anônima realizada pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Com base na denúncia realizada via Ciosp que relatava a possível existência de armas e drogas escondidas em uma propriedade rural, os policiais da GCCO foram até o endereço indicado, na região de chácaras Bandeira II para verificação dos fatos.

Conforme as informações, o material ilícito ficava escondido no interior de tratar que ficava guardado em um barracão da propriedade. No local, os policiais foram recebidos pela esposa do caseiro que informou que nem o seu marido e nem o dono da propriedade estavam no local.

Durante as buscas, os policiais localizaram no interior do tratar mencionado, 84 munições, sendo 67 calibre 380, 10 calibre. 357 e sete calibre 38, todas intactas, além de uma tornozeleira eletrônica. Em continuidade as buscas, os policiais encontraram por baixo de alguns entulhos um caixa com uma pistola calibre 380 e três carregadores.

Leia Também:  Polícia Civil prende estelionatário que se passava por funcionário de banco para buscar cartões de vítimas em Cuiabá

A tornozeleira eletrônica pertenceria ao caseiro que não foi localizado. Em buscas na residência do caseiro, foi encontrada mais duas espingardas, sendo uma delas de pressão e outra que não foi possível identificar o número de sério devido ao desgaste de arma.

O dono da propriedade chegou ao local, e em buscas na sua residência nada ilícito foi encontrado. Questionado, ele confirmou que a pistola era de sua propriedade porém estava registrada em nome de um amigo.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a GCCO, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições.

O delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca que a retirada de armas e munições de circulação foi possível graças ao trabalho de denúncia realizado pela sociedade. “A Polícia Civil demonstrou que está trabalhando e que conta com apoio da população, que através de denúncias pode ajudar ainda mais o combate à criminalidade”, disse o delegado.

Denúncias: 197 e (65) 98463-2655

Leia Também:  Homem chega em casa bêbado, agride e obriga a esposa a ter relação sexual, acaba esfaqueado e preso em MT

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA