.

Policial

Polícia Civil prende padrasto por estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo

Publicados

em

image_pdfimage_print


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um padrasto acusado de estupro de vulnerável contra sua enteada de 14 anos em Nova Xavantiva (645 km a leste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil do município na noite de sexta-feira (09.04). Com ele foi apreendida uma arma de fogo e cinco munições. 

O suspeito de 48 anos foi autuado em flagrante pelos crimes estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo, após ser preso pelos policiais civis em uma propriedade na zona rural de Nova Xavantina.

As diligências iniciaram após a Delegacia de Polícia receber denúncia sobre a adolescente, vítima de abuso sexual cometido pela padastro. Conforme informações, a vítima conseguiu filmar algumas investidas do suspeito contra a mesma, ocorridas na tarde de sexta-feira (09).

Ouvida na delegacia, a menor revelou que vinha sofrendo abusos sexuais por parte do padrasto, desde quando tinha 5 anos, e não aguentava mais as agressões física e psicológica. Então resolveu filmar e enviar o vídeo para os familiares. Ela contou que sentia mais medo em razão do agressor possuir arma de fogo em casa. A adolescente foi encaminhada para o Hospital Municipal para realização dos exames e constatação do ocorrido.  

Leia Também:  Mulher cai do 3º andar de prédio em Cuiabá e morre

Diante dos fatos graves e indícios de provas, os policiais civis foram até a chácara onde o padrasto foi detido em flagrante. No local foi encontrada uma arma de fogo (carabina) de calibre 22 e mais cinco munições intactas.

O suspeito foi encaminhado até a Delegacia de Nova Xavantina, onde foi interrogado e autuado em flagrante delito por estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo. Após a confecção dos autos, o preso foi conduzido para o Presídio Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Homem vai fazer frete com carro da namorada, encontra homem amarrado, não retorna com veículo e é preso

Publicados

em

image_pdfimage_print

No início da tarde deste domingo (16) um homem foi detido pela Polícia Militar e encaminhado para Polícia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde após ter pego o veículo Fiat Uno da namorada na noite deste sábado (15) e não ter retornado para a casa com o automóvel.

O homem contou que teria pegado veículo para realizar um serviço de frete no município de Tapurah (a aproximadamente 90km de Lucas do Rio Verde), porém  chegando no local combinado foi surpreendido por duas pessoas armadas e um homem amarrado com fitas adesivas que seria colocado no veículo.

Ainda segundo o suspeito ele teria abandonado o carro e fugido.

A esposa registrou ocorrência e logo em seguida a PM localizou o carro na altura do bairro Veneza.

Na Delegacia a mulher demonstrou à equipe de reportagem que não acredita na versão contada pelo marido. A Polícia Civil passa a investigar o caso.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Nova obra jurídica reúne trabalho de 24 delegados de diversos estados, entre eles três de MT
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA