.

Política MT

Deputado alega inocência e critica exposição negativa causada por operação em MT

Publicados

em

image_pdfimage_print

O deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM) afirmou que é inocente e fez criticas a exposição causada pela operação Rota Final. Ela foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (14) pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco) e Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

Ainda hoje, agentes do Gaeco fizeram buscas aconteceram na casa de Dilmar em Sinop (479 km de Cuiabá). Conforme o parlamentar, nada foi encontrado na residência. O deputado está em viagem, acompanhando o governador Mauro Mendes (DEM) em uma série de agendas na região de Alta Floresta e Confresa.

O Ministério Público Estadual (MP-MT) afirma que Dilmar teria atuado junto com o ex-deputado Pedro Satélite (PSD) e o empresário Éder Pinheiro, da Verde Transportes, para fraudar a licitação do transporte coletivo intermunicipal em Mato Grosso. Os três são investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e fraude em licitação.

“A busca e apreensão realizada na residência do parlamentar em Sinop visa encontrar documentos que poderiam ligar o Parlamentar a ter qualquer relação com os acusados. Porém, nada fora encontrado, que conclua tal ligação do Parlamentar aos envolvidos”, diz trecho da nota.

Leia Também:  Após Cidinho, Elizeu articula e PSL mira diretor do MT GÁS, Toco Palma

A investigação, iniciada na Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso, foi encaminhada, com autorização do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT), ao GAECO-MT em meados de 2019, onde foi concluída pelas autoridades policiais do Grupo Especializado, com supervisão do NACO Criminal.

O Inquérito policial possui 47 volumes de elementos de informações. Mais de 20 (vinte) pessoas são investigadas, dentre eles alguns empresários e dois parlamentares estaduais.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política MT

Após Cidinho, Elizeu articula e PSL mira diretor do MT GÁS, Toco Palma

Publicados

em

image_pdfimage_print

Deputado Elizeu Nascimento (PSL) convidou o diretor administrativo e financeiro do MT GÁS Toco Palma a se filiar ao partido.

Palma é advogado e vem se destacando na instituição, e desenvolvendo um trabalho excelente no órgão e, é uma boa referência no meio político. Além disso, ele é conhecido por ter bom trânsito e experiência que lhe sobram. Tudo isso deriva do fato de ter nas veias o DNA do seu pai, considerado um dos prefeitos mais ativos de Cuiabá, Rodrigues Palma, que, além de prefeito foi também deputado federal e estadual por vários mandatos.

Toco Palma havia recebido do também novato no PSL, Cidinho Santos o mesmo convite, referendado por Elizeu. Com esses convites, dificilmente Toco não ingressa no Partido Social Liberal.

 

Jornalista: Neto Marques

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após Cidinho, Elizeu articula e PSL mira diretor do MT GÁS, Toco Palma
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA