Política MT

Deputado defende investimentos em tecnologia para superar desigualdades sociais e defasagem educacional

Publicados

em

Sessão da ALMT
image_pdfimage_print

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) defendeu na quarta-feira (29), durante sessão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o aumento do orçamento público do Estado em tecnologia para recuperar a defasagem de aprendizagem dos estudantes que ficaram sem condições de estudo durante os mais de 18 meses da atual pandemia.

Recentemente o parlamentar realizou uma audiência pública para ouvir os profissionais, representantes de pais e alunos, sindicalistas e gestores envolvidos na educação do Estado.

“Precisamos preparar o futuro das nossas crianças e jovens e investir maciçamente neste plano pós-pandemia com foco na recuperação da aprendizagem e enfrentamento da evasão escolar. A desigualdade social é nítida nos 141 municípios, seja no campo ou na cidade, temos relatos e constatamos in loco a dificuldade de alunos assistirem aulas virtuais, pois muitos não têm condições para adquirir um pacote de internet banda larga e comprar um celular ou computador compatível com os aplicativos desenvolvidos para as aulas. Estou trabalhando e destinando emenda para que o Governo possa aumentar significativamente os investimentos em tecnologia na educação para os próximos anos”, ressalta o deputado.

Leia Também:  Comerciantes vão poder divulgar produtos e serviços no site da Câmara de Cuiabá

De acordo com Thiago Silva, a pandemia da Covid-19 deixou ainda mais evidente o cenário de desigualdade no âmbito da educação. A situação trouxe à tona problemas como dificuldade de aprendizagem dos alunos portadores de deficiência; formação inadequada para dar aulas virtuais; aumento da evasão escolar e desigualdade no acesso às tecnologias, pois no Brasil mais de 47 milhões de pessoas não tem acesso à internet, segundo estudo do Comitê Gestor da Internet no Brasil.

“Enquanto alunos de escolas particulares aprendem por meio de diversos recursos e estratégias combinadas, como vídeo ao vivo ou gravado, envio de tarefas, mentoria e sessões em grupos menores para tirar dúvidas, muitos estudantes das escolas públicas sequer têm acesso à internet. O resultado disso é uma inevitável acentuação da desigualdade de acesso não só ao ensino de qualidade, mas do ensino básico, causando um déficit de aprendizagem ainda maior do que já temos entre alunos do sistema público e da rede particular”, diz Thiago.

Leia Também:  Comerciantes vão poder divulgar produtos e serviços no site da Câmara de Cuiabá

O Deputado ressalta o programa do governo que subsidiou a aquisição de notebook e pacotes de internet, e lembra que foi o primeiro parlamentar a falar sobre a importância da aquisição dos computadores para educadores, porém cita que é necessário avançar e contemplar também os alunos da rede pública com equipamentos e acesso a internet para diminuir a defasagem educacional.

“Assim como o lápis e o caderno, o acesso à tecnologia, com a doação de computadores e acesso a internet também é dever do Estado para com os alunos. Estamos trabalhando para garantir no orçamento do Estado o acesso à tecnologia também para todos os estudantes”, garante Thiago Silva.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política MT

Comerciantes vão poder divulgar produtos e serviços no site da Câmara de Cuiabá

Publicados

em

image_pdfimage_print

O vereador Cezinha Nascimento apresentou o projeto que solicita espaço no site da Câmara Municipal de Cuiabá em benefício dos empreendedores cuiabanos

Para ajudar pequenos empreendedores, sem acesso a internet, tramita na Câmara Municipal de Cuiabá, um projeto (nº 006/2021) de autoria do vereador Cezinha Nascimento (PSL), requerendo espaço no site da Casa de Leis para que empreendedores cuiabanos possam divulgar seus produtos e serviços de forma gratuita. O projeto tem como objetivo conectar os empreendedores aos consumidores.

Caso o projeto, denominado “Câmara Parceira do Empreendedor cuiabano”, seja aprovado, a pessoa interessada terá que preencher um cadastro na câmara municipal de Cuiabá. Após a inscrição, o anunciante deverá enviar fotos e descrição dos produtos para ser inseridos do site.

No ato do cadastramento, será necessário o empreendedor dizer qual é a categoria do serviço e ou dos produtos oferecidos, em quais bairros estão situados e o número de um telefone para contato. Na plataforma, poderão ser feitos cadastros de artesãos, verdureiros, confeiteiras (os), entre outros.

Leia Também:  Comerciantes vão poder divulgar produtos e serviços no site da Câmara de Cuiabá

Na justificativa da reivindicação o parlamentar diz que ao disponibilizar o espaço no site do órgão, a Câmara Municipal de Cuiabá estará contribuindo para ajudar micro e pequenos empreendedores, sem acesso a internet, a divulgar seus produtos e vender em meio à crise, causada pela pandemia, em consequência da Covid-19.

O objetivo do projeto é dar visibilidade e conectar pequenos empreendedores, como, por exemplo, a dona Maria que vende bolos, a Ana que faz pães, ou o pequeno produtor de hortaliças, verduras, queijos caseiros e outros produtos, aos consumidores”, explica o parlamentar.

O vereador, Cezinha Nascimento, diz que o projeto foi pensado como uma alternativa de ajuda para a sobrevivência dos pequenos negócios.

“De acordo com dados de pesquisas, comerciantes que não possuem acesso à internet foram duplamente prejudicados durante a pandemia. Nós, como vereadores, porta vozes da população, temos a obrigação de buscar alternativas que contribuam para minimizar os impactos sofridos pelos proprietários de pequenos negócios, por isso peço a ajuda dos meus colegas de parlamento para a aprovação desse projeto que ajudará na manutenção do emprego e renda da população cuiabana”, pede o parlamentar.

Leia Também:  Comerciantes vão poder divulgar produtos e serviços no site da Câmara de Cuiabá

O projeto, apresentado no dia 28/09/2021, aguarda a aprovação dos parlamentares.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA