Política MT

Em MT, toque de recolher é decretado para nove cidades

Publicados

em

Nesta última segunda-feira (19), foi publicado no Diário Oficial dos Municípios toque de recolher para nove cidades do estado de Mato Grosso.

As medidas foram adotadas pelos prefeitos como uma maneira radical de conter o avanço dos casos de covid-19. As cidades que tiveram o decreto são: Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá), Nova Marilândia (392 km a Medio-Norte), Nova Ubiratã (502 km ao Norte), Jangada (80 km ao Norte) e Arenápolis (258 km a Médio-Norte) terão a circulação restrita no período noturno.

Na primeira, (Livramento), o recolhimento está em vigor das 22h às 5h. As medidas são válidas por 30 dias. Aulas presenciais seguem suspensas até 30 de abril. A cidade de Ubiratã segue o mesmo protocolo.

Em Nova Marilândia o toque de recolher começa às 23h e vai até as 5h e os velórios poderão ter até 20 pessoas por vez. Os postos de combustíveis vão ficar abertos por 24 horas.

Já em Jangada, o recolhimento começa mais cedo, às 21h e vai até 5h. E o toque de recolher em Arenápolis será de domingo a quinta, das 23h às 5h. Sexta, sábado e feriados o recolhimento será a partir da meia noite e segue até 6h.

Leia Também:  “Cumpri minha missão na presidência” afirmou Botelho sobre decisão do STF em tirá-lo da presidência da AL

Além das cidades citadas, Tangará da Serra (239 km a Médio Norte), São José do Rio Claro (315 km a médio-norte de Cuiabá), Juara (709 km a médio-norte) e Novo Horizonte do Norte (682 km a médio-norte) também decretam toque de recolher.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política MT

Sindicato recebe deputado federal e debate reforma

Publicados

em

O SINPAIG, sindicato que representa servidores da Área Meio do Estado de Mato Grosso, recebeu em sua sede o Deputado Federal Emanuelzinho, no intuito de articular um debate ampliado sobre a Reforma Administrativa proposta pelo Governo Bolsonaro.

O convite partiu do Secretário Geral do SINPAIG e Presidente da CSB em Mato Grosso, Antonio Wagner Oliveira, com aval do Presidente da entidade, Edmundo César.

A intenção do convite era começar a dialogar com o Deputado Federal, a posição do sindicato referente a Reforma Administrativa que começa a tramitar no Congresso Nacional.

Em razão do Deputado Emanuelzinho ser da Comissão de Constituição e Justiça/CCJ da Câmara, o SINPAIG resolveu iniciar esse diálogo por ele, segundo esclareceu o presidente Edmundo César.

O Secretário Geral do sindicato, Antônio Wagner, reforçou que esse primeiro diálogo visa construir uma agenda com apoio do Fórum Sindical e demais Sindicatos municipais, para o próximo mês de Março com o Deputado Emanuelzinho, a Deputada Rosa Neide e toda bancada federal na Câmara, para a partir daí aprofundarem a posição dos servidores quanto a Reforma Administrativa e apresentarem emendas ao projeto.

Leia Também:  Botelho não tem certeza se irá compor chapa da nova Mesa Diretora da AL

Acrescentou o Secretário que, “tais emendas serão apresentadas a bancada federal de Mato Grosso e, esperamos que, tanto o Deputado Emanuelzinho, como os demais parlamentares possam encampa-las no decorrer das discussões na Câmara e articular a aprovação junto aos demais deputados federais”.

O debate ampliado acontecerá no mês de março e contará com Sindicatos de Servidores Federais, Estaduais e Municipais e a bancada Federal de Mato Grosso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA