Política MT

Mauro afirma que VLT é filho da corrupção e quem apoia também

Publicados

em

O governador Mauro Mendes (DEM), durante entrevista à rádio CBN Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (13) defendeu a implementação do Bus Rapit Transit (BRT), e disse que o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) é obra de corrupção, assim como quem o defende..

“Desde o início esse negócio nasceu com propina, quem defende isso [o VLT]? Foi gestacionado no seio da corrupção, manter isso, defender isso, é defender a sobrevida da corrupção. Em Mato Grosso nós temos dois grandes símbolos da corrupção, um todos sabem qual é, o outro é o VLT”, disse Mauro.

O governador explicou que os primeiros estudos técnicos apontavam que o BRT era a “melhor alternativa” e mais eficiente para ser construído em Cuiabá. No entanto, após decisões políticas, a opção foi alterada para o VLT.

“De repente aparecem os iluminados da época, vocês sabem de quem estou falando e quais objetivos que eles tinham, que era roubar o Estado de Mato Grosso e roubaram muito e quem falou isso não fui eu não, estou repetindo aqui aquilo que o ex-governador [Silval Barbosa] já confessou em delação premiada”, lembrou Mendes.

Leia Também:  Juca define mais quatro nomes para compor secretariado

Ele ainda pontuou que duas servidoras federais foram condenadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por terem inserido um laudo falsificado no processo que resultou na troca do BRT pelo VLT. Lembrou ainda que o contrato com o Consórcio VLT foi rescindido na gestão de Pedro Taques e que as tentativas para derrubar a decisão foram negadas pela Justiça.

 

Da Redação 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política MT

Juca define mais quatro nomes para compor secretariado

Publicados

em

Para compor a equipe que vai trabalhar na administração da Câmara Municipal de Cuiabá neste biênio (2021/2022), o presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) já escolheu sete nomes para conduzir as secretarias, de um total de nove.

Cinco nomes já haviam sido anunciados pelo presidente: o advogado André Pozetti para Procurador Geral o advogado Leonardo Pio Arnuti para Secretaria Geral o professor Bolanger José de Almeida para Secretaria de Administração Bárbara Helena de Noronha continua respondendo pela Secretaria de Gestão de Pessoal.

Desta vez, o presidente anunciou o coronel PM, Edson Leite para o comando da Secretaria de Patrimônio e Manutenção. A jornalista Elisângela Tenório foi nomeada para assumir a Secretaria de Comunicação, cargo que ocupou no biênio 2017/2018 e no seguinte, 2019/2020 respondeu pela coordenadoria de mídia.

O Gabinete da Presidência vai ficar sob a responsabilidade de Eliezer Júnior.

Juca optou pela continuidade e garantiu a permanência de Eronides da Luz, o Nona, na Secretaria de Apoio Legislativo. A secretária de Gestão Pessoal, neste começo de ano, fica interinamente na Secretaria de Gestão Orçamentária e Financeira.

Leia Também:  Ministério Público quer ressarcimento de 13⁰ de vereadores e firma TAC com 3

Ainda falta definir os gestores que ocuparam as Secretarias de Transparência e Controle Interno e Gestão Orçamentária e Financeira. O presidente explica que a Câmara tem nove secretarias e que escuta os demais pares para definir os próximos nomes.

 

Por Assessoria de Imprensa 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA