Saúde

Algumas curiosidades sobre os dentes do siso

Published

on

Homem com dor de dente
Freepik.com/Cookie_studio

Homem com dor de dente

Eles são conhecidos como dentes do  juízo (siso, em latim) porque aparecem até os 21 anos. Os terceiros molares eram responsáveis por ajudar na mastigação, mas ao longo dos anos eles perderam sua função e agora ficam escondidos no fundo da nossa boca. Eles só são lembrados quando começam a nascer e causar incômodo. Dizem que no futuro as pessoas irão nascer sem eles

Eles podem nunca nascer em algumas pessoas. Em outros casos, podem ficar escondidos sob a gengiva ou até pelo osso que são chamados de inclusos ou até em algumas pessoas surgirem os quartos molares ou segundo dente do siso.

Existem  pessoas com espaço o suficiente na boca para acomodar os quatro dentes sem causar problemas para a arcada dentária. Neste caso, a remoção não é necessária. Quem vai orientar se o procedimento deve ser feito, ou não, é o seu dentista. 

A falta de espaço causando um apinhamento dos dentes anteriores e a dificuldade de higienização são os principais motivos para retirar os sisos. Mas tem  também a indicação ortodôntica e reabsorção das raízes dos dentes vizinhos como outros motivos para indicarmos a extração. 

Leia Também:  Monkeypox: Moraes será relator de pedido que cobra ação do governo

Os profissionais recomendam os dentes do siso sejam extraídos antes dos 30 anos. Depois dessa idade, a raiz se calcifica e o procedimento fica mais difícil, podendo gerar complicações. 

O que sabemos é que quanto mais jovem, menos calcificado está o osso, gerando menor trauma cirúrgico e um melhor pós-operatório. 

Durante o procedimento, a anestesia impede que o paciente sinta dor. Para prevenir ou amenizar o incômodo após a cirurgia, são receitados medicamentos pré e pós cirúrgicos. O pós-operatório depende da maneira como o dente foi retirado. Dependendo da posição e localização desse dente que irá definir a dificuldade e desconforto do paciente, já que na região do dente do siso se encontra próximo o nervo alveolar inferior, que causa maior dor dependendo da proximidade do dente com o nervo.

Quando em contato com esse nervo, podemos ter como resultado uma parestesia que é a perda de sensibilidade temporária da região

Os sisos podem ser extraídos até mesmo antes de nascer para evitar desalinhamento dos dentes vizinhos e até cárie nos dentes ao lado.

Leia Também:  Frontoplastia: Saiba o que é e como é feita

Existem técnicas e manobras cirúrgicas adequadas para remoção de cada tipo e localização desse dente ,por isso importante procurar um especialista como o Cirurgião Buco Maxilo Facial para a extração.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Saúde

Acordar de madrugada para comer pode indicar distúrbio do sono

Published

on

Acordar de madrugada para comer pode indicar distúrbio do sono
FreePik

Acordar de madrugada para comer pode indicar distúrbio do sono

Acordar no meio da noite para revirar a geladeira em busca de alimentos pode ser um distúrbio de sono, porque o organismo da maioria das pessoas está preparado para o jejum durante a madrugada e não digerir comidas calóricas e em abundância durante o período do sono. O distúrbio alimentar associado ao sono e a síndrome do comer noturno podem explicar esta conduta atípica.

“Nessas pessoas, o organismo entende que a hora de maior funcionamento seria à noite. Por causa disso, têm pouca fome de manhã e mais apetite à noite”, afirmou médica e pesquisadora do Instituto do Sono Dalva Poyares.

A síndrome do comer noturno é um distúrbio alimentar que se caracteriza pelo aumento da necessidade de ingestão de alimentos à noite, antes do período principal de sono e com despertares noturnos para comer. O comer noturno pode ter explicações ligadas ao metabolismo e ao ritmo circadiano, que é o relógio interno do organismo do indivíduo.

Há pessoas, chamadas de vespertinas, que são mais ativas no período noturno.Para identificar o distúrbio de sono de forma correta, os médicos investigam se o paciente se lembra, ou não, de ter despertado para comer.

Leia Também:  Monkeypox: Moraes será relator de pedido que cobra ação do governo

A amnésia total ou parcial do fato é um indicativo de distúrbio alimentar associado ao sono, que pode ser desencadeado por medicamentos hipnóticos ou por parassonia, que é um comportamento semelhante ao sonambulismo.

Na síndrome do comer noturno, o paciente tem consciência do que ingeriu e memória dos eventos no dia seguinte.

Segundo a médica, o distúrbio alimentar associado ao sono acomete pessoas com propensão a ter parassonia e se caracteriza por despertares noturnos acompanhados de comportamento exclusivamente relacionado à mastigação e à deglutição de alimentos ou substâncias.

No dia seguinte, a pessoa não tem memória do fato ou apresenta apenas alguns fragmentos de lembrança.“Quem tem esse distúrbio de sono tende a comer alimentos não usuais ou misturar alimentos que não combinam e que nunca consumiriam, se estivessem conscientes, podendo acordar nauseado ou se sentindo mal”, explicou Dalva Poyares.

Ela disse que medicamentos hipnóticos usados para combater a insônia também podem desencadear o distúrbio de sono em qualquer pessoa. Ao ingerir o medicamento, em vez de dormir, a pessoa tem comportamento de sonambulismo.

“Uma das coisas que acontecem é a pessoa comer e não lembrar. Nesse momento ela corre riscos associados à ingestão de substâncias tóxicas, coisas que estão na geladeira e não estão muito boas, misturar alimentos que não combinam, ou mesmo ter lesões por cozinhar ou preparar alimentos durante a madrugada, ou acordar se sentindo mal”, afirmou.

Leia Também:  Frontoplastia: Saiba o que é e como é feita

De acordo com a pesquisadora, há tratamentos disponíveis para os distúrbios de sono. Se o comportamento persistir, é preciso procurar ajuda profissional. “É preciso investigar as causas da superficialidade do sono e os motivos que fazem o sono ficar fragmentado para tratar. Se não se encontrar nada, é sinal de sonambulismo, que é outro tratamento.”

A médica alerta que essa situação pode ser perigosa e recomenda que se tomem medidas de segurança como retirar objetos perfurocortantes do ambiente, dificultar o acesso à geladeira, além de fazer o tratamento para sanar tais distúrbios.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA