Saúde

Com alta em ocupação de leitos de Covid-19, São Paulo deve endurecer restrições

Publicados

em

image_pdfimage_print


source
SP observa aumento no número de leitos ocupados e regiões devem ter restrições mais rígidas
Reprodução: BBC News Brasil

SP observa aumento no número de leitos ocupados e regiões devem ter restrições mais rígidas

A região metropolitana do estado de São Paulo deve regredir de fase no Plano São Paulo e passar a ter medidas mais rígidas de isolamento social. A informação foi passada pelo coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de SP, Paulo Menezes, no programa Bom Dia São Paulo.

A mudança deve ocorrer devido à crescente ocupação de leitos nessas regiões, inclusive de terapia intensiva (UTI) . Sorocaba também deve regredir de fase no plano que define as medidas de isolamento.

Na última reclassificação do plano,  oito regiões do estado regrediram de fase: Araçatuba, Bauru, Franca, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Taubaté passaram para a fase laranja, enquanto Marília entrou na fase vermelha —  a menos permissiva, na qual só podem funcionar as atividades essenciais.

Você viu?

Paulo Menezes afirmou, ainda, que a situação de todo o estado preocupa, já que há um visível crescimento no número de contágios e internações.

Segundo a pasta, São Paulo registrou, na semana passada, o pico de média diária de novos diagnósticos de covid-19, com 11.300 novos casos. Esse número representa, em 45 dias, mais novos casos do que em cinco meses de 2020.

Com a escalada do vírus nesta segunda onda, o Centro de Contingência da Covid-19 em SP voltou a orientar que a população fique em casa sempre que puder, saindo apenas em situações necessárias — evitando aglomerações, utilizando máscara e fazendo a higienização correta das mãos.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Enfermeira atravessa rio para vacinar idosa na Paraíba

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


source
Enfermeira atravessou rio no interior da Paraíba para vacinar idosa
Reprodução

Enfermeira atravessou rio no interior da Paraíba para vacinar idosa

Uma enfermeira viralizou nas redes sociais após atravessar um rio para conseguir vacinar uma idosa, em São José de Espinharas (PB) . O caso aconteceu na última quinta-feira (04), quando o serviço de imunização da cidade realizava a vacinação em idosos.

Em um vídeo compartilhado na internet, a profissional atravessa o rio com os equipamentos necessários para a imunização.

Em entrevista ao G1, a enfermeira Mayane Brito contou que tomou a atitude após ver a dificuldade de locomoção até o bairro onde a moradora estava. Ela lembra que ainda precisou de uma carona de moto para conseguir imunizar a idosa, que seria a última a ser vacinada no dia.

“Não dava para atravessar de carro para ir vacinar essa idosa e só faltava ela. O carro ficou me esperando, eu atravessei a pé e eu pedi a uma pessoa amiga da senhora para me pegar de moto do outro lado do rio para eu poder vacinar a senhora”, afirmou.

Mayane ressaltou o pensamento de querer que alguém fizesse o mesmo pela própria mãe, o que reforço a ideia de atravessar o rio.

“Quando eu cheguei em casa nesse mesmo dia, me vi pensando que se fosse minha mãe – que infelizmente não está aqui mais hoje comigo, pois vai fazer cinco meses que ela faleceu – eu gostaria que um profissional de saúde atravessasse o rio para vacinar ela também”, completou.

A Secretaria da Saúde de São José de Espinharas informou que a profissional participava do programa de imunização para idosos entre 80 e 89 anos na cidade. Segunda a pasta, 24 moradores foram imunizados até o momento.  

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA