.

Saúde

Covid-19: Campinas lança edital para que empresas vacinem funcionários

Publicados

em

image_pdfimage_print


source
Campinas lança edital para que empresas vacinem funcionários
Reprodução: ACidade ON

Campinas lança edital para que empresas vacinem funcionários


A Secretaria de Saúde do município de Campinas, no interior paulista, fez um chamamento público para firmar  parcerias com empresas a fim de acelerar o processo de vacinação contra a Covid-19 na cidade. Segundo a prefeitura, até a tarde de hoje, 13 empresas haviam aderido à parceria.

O edital que estabelece os termos para adesão das empresas interessadas foi publicado na terça-feira (20). Com a adesão, as empresas receberão treinamento, vacinas e insumos para aplicação da vacina. Em contrapartida, elas se responsabilizarão pela vacinação dos trabalhadores que correspondam aos grupos determinados pelo cronograma de vacinação estabelecido pela Secretaria de Saúde.

Você viu?

Alguns requisitos que deverão ser cumpridos são ter um profissional de enfermagem para aplicar as doses de vacina e duas pessoas para cuidar da digitação dos dados exigidos pelo sistema. Além disso, não será permitida a vacinação de pessoas fora dos grupos que estão contemplados no plano de vacinação da cidade.

Leia Também:  Covid-19: Rio prevê começar em outubro a aplicar dose de reforço em idosos

De acordo com a prefeitura, todo o trabalho será supervisionado pelo Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) do município. “É uma ação importante, que vai reunir esforços para a vacinação da população economicamente ativa. Dessa forma, vamos aumentar a cobertura vacinal na cidade”, avaliou a diretora do Devisa, Andrea von Zuben.

Nesta quarta-feira (21) uma equipe do Centro de Referência à Saúde do Trabalhador (Cerest), que faz parte do Devisa, realizou vistoria em uma empresa que desenvolverá o projeto-piloto desse modelo de vacinação. O começo da vacinação nessa empresa está previsto para a próxima semana, segundo informou o município. Não há ainda um período determinado para a duração deste projeto-piloto.

As empresas que tiverem interesse em firmar a parceira com o município podem pedir a adesão pelo site. Após o envio, os formulários serão avaliados pelo Devisa.

Leia Também:  Covid-19: Alemanha vai aplicar 3ª dose das vacinas em idosos
Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Queiroga pede que brasileiros tomem 2ª dose como forma de evitar Delta

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


source
Queiroga pede que brasileiros se imunizem com a segunda dose como forma de prevenir a variante Delta
Flavia Correia

Queiroga pede que brasileiros se imunizem com a segunda dose como forma de prevenir a variante Delta


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu nesta terça-feira (3) que os brasileiros se imunizem com a segunda dose das vacinas, como forma de proteção efetiva, inclusive contra o  avanço da variante Delta da Covid-19. Queiroga participou do balanço da ação de vacinação em massa contra a doença, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.

“Sistemas de saúde mais consolidados do que o nosso, a exemplo do inglês, não conseguiram conter a propagação comunitária da variante Delta. Os Estados Unidos também enfrentam o problema. Nós estamos assistindo, e isso acontece sobretudo com aqueles que não estão vacinados. As nossas vacinas funcionam contra essa variante. Aproveito para lembrar às pessoas que ainda não tomaram a segunda dose que voltem às unidades básicas de saúde. Para ter a proteção, é necessário [tomar] as duas doses”, disse Queiroga.

O ministro participou, na Clínica da Saúde Adib Jatene, dentro do Complexo da Maré, da vacinação de dois moradores. A comunidade foi alvo, nos últimos dias, de um experimento de vacinação em massa, com a aplicação de 33 mil doses. Nesta terça-feira, foi realizada na comunidade uma busca ativa de pessoas que ainda não tinham sido vacinadas.

Também participaram da solenidade o ministro do Turismo, Gilson Machado, o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Denise Pires de Carvalho, e a presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA