.

Saúde

Rio inclui vacinação de gestantes sem comorbidades no Calendário Único

Publicados

em

image_pdfimage_print


source
Rio inclui vacinação de gestantes sem comorbidades no Calendário Único
Agência Brasil

Rio inclui vacinação de gestantes sem comorbidades no Calendário Único

A Secretaria estadual de Saúde (SES), em decisão conjunta com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), incluiu a imunização de lactantes, gestantes e puérperas sem comorbidades contra covid-19 no Calendário Único de Vacinação do estado do Rio de Janeiro. A medida tem como objetivo garantir a uniformidade da vacinação no estado.

De acordo com o secretário de Saúde, Alexandre Chieppe, até o momento, não há qualquer contraindicação na vacinação de lactantes (mulheres que amamentam por até 12 meses).

“As mulheres não precisam interromper a amamentação para serem vacinadas. Também não há contraindicações para a doação de leite materno. A imunização de lactantes já está elencada no Plano de Operacionalização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde. Por isso, pactuamos a inclusão imediata desse grupo no Calendário Único de Vacinação do estado”, disse, em nota.

Seguindo as orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, a SES incluiu ainda a vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidade no cronograma de imunização. Entretanto, a vacinação deste público deverá ser condicionada à prescrição médica, após avaliação individualizada do médico.

Leia Também:  Com medo de tomar a vacina da Covid-19? Seis mitos que você deve desconsiderar

As gestantes e puérperas com e sem comorbidades que ainda não tenham sido vacinadas contra a covid-19 deverão ser imunizadas com as vacinas da Pfizer ou CoronaVac. Aquelas que receberam a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca deverão aguardar o término do período da gestação e puerpério (até 45 dias após o parto) para a administração da segunda dose do esquema vacinal.

Hoje (19), a SES vai realizar a entrega de 325.620 doses de vacina contra covid-19 aos 92 municípios do estado. Serão distribuídas 194.220 doses de vacina da Pfizer para primeira aplicação e 131.400 da CoronaVac, divididas entre primeira e segunda aplicação.

Os municípios do Rio, Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí vão retirar os imunizantes na parte da manhã, na Coordenação Geral de Armazenagem da SES, em Niterói. Para os outros 87 municípios, a entrega será realizada por caminhões e vans que sairão a partir das 8h, com escolta da Polícia Militar.

Leia Também:  Covid-19: Cidade de SP começa a vacinar pessoas a partir de 28 anos hoje
Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Queiroga pede que brasileiros tomem 2ª dose como forma de evitar Delta

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


source
Queiroga pede que brasileiros se imunizem com a segunda dose como forma de prevenir a variante Delta
Flavia Correia

Queiroga pede que brasileiros se imunizem com a segunda dose como forma de prevenir a variante Delta


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu nesta terça-feira (3) que os brasileiros se imunizem com a segunda dose das vacinas, como forma de proteção efetiva, inclusive contra o  avanço da variante Delta da Covid-19. Queiroga participou do balanço da ação de vacinação em massa contra a doença, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.

“Sistemas de saúde mais consolidados do que o nosso, a exemplo do inglês, não conseguiram conter a propagação comunitária da variante Delta. Os Estados Unidos também enfrentam o problema. Nós estamos assistindo, e isso acontece sobretudo com aqueles que não estão vacinados. As nossas vacinas funcionam contra essa variante. Aproveito para lembrar às pessoas que ainda não tomaram a segunda dose que voltem às unidades básicas de saúde. Para ter a proteção, é necessário [tomar] as duas doses”, disse Queiroga.

O ministro participou, na Clínica da Saúde Adib Jatene, dentro do Complexo da Maré, da vacinação de dois moradores. A comunidade foi alvo, nos últimos dias, de um experimento de vacinação em massa, com a aplicação de 33 mil doses. Nesta terça-feira, foi realizada na comunidade uma busca ativa de pessoas que ainda não tinham sido vacinadas.

Também participaram da solenidade o ministro do Turismo, Gilson Machado, o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Denise Pires de Carvalho, e a presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA