Variedades

José de Abreu conta que filha caçula se identifica como trans há dois anos

Publicados

em

image_pdfimage_print


source
Ana e José de Abreu
Divulgação

Ana e José de Abreu

Em “Um lugar ao sol”, José de Abreu é Santiago, homem íntegro que construiu seu império de supermercados às custas de muito trabalho. De tão workaholic, o pai de Rebeca (Andrea Beltrão), Nicole (Ana Baird) e Bárbara (Alinne Moraes) sabe que falhou com as duas mais novas ao sair de casa e deixá-las sob os cuidados da ex-esposa, bipolar e instável. Para compensar essa falta, mimou demais as herdeiras, e agora carrega a culpa de tê-las “estragado”. Na vida real, o ator teve cinco filhos: Rodrigo — que morreu aos 21 anos, em 1992, ao cair da janela de seu apartamento no Rio —; Theo, de 45; Ana, de 44; Cristiano, de 37; e Bia, de 21, frutos de três casamentos. Em entrevista ao EXTRA, Abreu revelou que, desde 2019, a caçula, que nasceu Bernardo, se identifica como uma mulher transexual.

“Minha última filha é trans. Era Bernardo, agora é Bia. Já estamos vivendo há dois anos assim. Eu apoiei desde o primeiro dia que soube. Estamos fazendo um trabalho lento, com assistência psicológica, e espero que ela encontre o seu caminho e seja feliz”, afirma o veterano, que garante nunca ter diferenciado o tratamento entre os seus por conta do gênero: “Minha relação com Ana seguiu a mesma linha que a dos demais”. Aos 75 anos, sendo 53 de carreira, Abreu se diz realizado com todas as experiências profissionais e pessoais vividas até aqui. Ele acaba de lançar sua biografia, em dois volumes, denominada “Abreugrafia”, contando histórias sobre o homem antes e depois da fama.

“A vida me deu e continua me dando todas as possibilidades. Tenho uma nora preta linda, que daqui a pouco vai me dar um neto. Já fui casado com uma católica comunista, depois com uma judia, depois com uma carioca da gema, e agora estou com uma bela niteroiense, feliz e satisfeito”, diz ele sobre o relacionamento de pouco mais de dois anos com a maquiadora Carol Junger, de 23 anos. No próximo sábado, dia 27, o casal viaja para uma temporada em Portugal, sem previsão de volta ao Brasil.


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Variedades

A Fazenda 13: Lidi teria detonado Dayane em áudio: “Ser humano horroroso”

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


source
Lidi Lisboa teria detonado Dayane Mello em áudio
Reprodução/Instagram

Lidi Lisboa teria detonado Dayane Mello em áudio

Lidi Lisboa teria detonado Dayane Mello em um áudio vazado. A atriz e apresentadora entrevistou a modelo na “Live do Eliminado”, após ela deixar “A Fazenda 13” . Durante a conversa, Dayane acabou entrando em mais polêmicas. Ela foi acusada de desmerecer os brasileiros  e também ficou brava quando Lidi disse que ela foi cancelada em dois reality shows.

Segundo o colunista Leo Dias, que teve acesso ao suposto áudio, Lidi gravou a mensagem após sair da entrevista com Dayane e estava muito irritada com o que a modelo falou durante a Live. A atriz teria comentado a fala da ex-peoa sobre os brasileiros e também dito que fico triste ao descobrir “que é possível um ser humano realmente pensar num monte de bobagens”.

“Ela [Dayane] ainda vem falar dos brasileiros […] Por que não ficou na Itália, gente? Se a Itália é tão maravilhosa assim? Por que não ficou lá? Até onde eu sei, ela ficou naquele reality da Itália por conta dos brasileiros, mas daí foram mais afundo e viram assim ‘isso daí não é boa coisa não’. O Rico tem que ver melhor a definição dessa cobra porque tá errado isso aí. Vem para cá pro Brasil e diz que não se sente mais brasileira. Aí, então volta para onde tu veio! Veio caçar o que aqui? Vem dar a cara e mostrar para todo mundo o ser humano horroroso e podre que ela é. Tô tentando alinhar os chacras ainda”, teria falado Lidi.

A atriz também teria falado que o clima ficou pesado quando Dayane entrou no estúdio. Ela teria comentado que a modelo se enrolou muito durante a entrevista e que pediu muito discernimento para poder conduzir a conversa de uma maneira correta. “Eu senti uma energia tão esquisita e tão horrorosa que fiquei com muita pena dela. Ela é horrorosa por dentro, ela é um pão bolorento”, teria dito Lidi.

Leia Também:  Sonia Abrão alfineta Galisteu: "Pare de ser cúmplice de coisas lamentáveis"
Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA