Variedades

Jovem diz que saiu ferida do show de João Gomes; cena de sexo no evento viraliza

Publicados

em

image_pdfimage_print


source
João Gomes
Reprodução/Instagram

João Gomes


Um show do cantor João Gomes, conhecido como o fenômeno do piseiro, tem dado o que falar nas redes sociais. A apresentação ocorreu no último dia 13, na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Imagens atribuídas ao evento dão conta de alguns incidentes ocorreram por lá. Um deles, por exemplo, foi uma jovem que disse ter sido atingida pelo show pirotécnico oriundo do palco.

Na web, ela, identificada como Ana Beatriz, mostrou ao menos dois dos dedos com queimaduras, quando recebeu atendimento. No registro, ela ainda afirma que uma amiga teve pertences roubados e que esse foi o pior show de sua vida.

Os incidentes no evento não pararam por aí. Também viralizou um momento em que um casal na plateia fazem movimentos que sugerem que eles estariam realizando um ato sexual no local. O homem levanta a calça após a parceira sair de seu colo.


Leia Também

Em outro, uma jovem que estava sobre uma mesa de plástico despenca nela, que se quebra. O moça, porém, parece não ter se ferido seriamente pois se levanta em seguida.


Além de João, o evento contou ainda com apresentações de Tarcísio do Acordeon e Vitor Fernandes. Internautas repercutiram as imagens do evento: “Preciso de terapia depois de ver os vídeos do show do João Gomes”, comentou um deles. “O show do João Gomes foi basicamente uma experiência apocalíptica”, escreveu outro.

O EXTRA procurou a equipe de João Gomes, mas ainda não obteve resposta.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Variedades

Mila Moreira: atriz se afastou da TV devido à síndrome do pânico

Publicados

em

Por

image_pdfimage_print


source
Morre a atriz Mila Moreira aos 75 anos
Reprodução/Instagram

Morre a atriz Mila Moreira aos 75 anos

Cuidadosa com a saúde, Mila Moreira revelou, nos últimos anos, que lidava com a síndrome do pânico desde a infância. A doença crônica fez com que a atriz, que morreu nesta segunda-feira (6), aos 75 anos , se afastasse, por certos períodos, dos trabalhos na TV. Em determinado momento, a atriz chegou a pesar 48 quilos devido à síndrome.

“Eu menina, com 7, 8 anos de idade, ainda no colégio interno, tinha crises, suava muito, achava que ia morrer. Foi braba a minha infância por causa disso. Sou muito cagona para me matar, mas houve dias em que entrava no avião e queria que ele caísse, de tão cansada que estava”, contou em entrevista para a revista “Época”, em 2016.

“Cheguei a pesar 48 quilos. Só quem passou por isso sabe o que é. Há 30 anos estou medicada, bem, e falo isso com a boca cheia para alertar as pessoas: estou muito mais feliz e leve”, acrescentou.

Leia Também:  "Passei por tragédia, mas estou vivo', diz cantor internado há mais de 20 dias

Papéis elegantes

Mila Moreira dizia que se incomodava ao ser chamada de ex-modelo. A atriz não pisava numa passarela há mais de quatro décadas, embora tenha iniciado a carreira, aos 14 anos, desfilando em semanas de moda. Na TV, ela ficou conhecida por interpretar mulheres elegantes, ricas e bem vestidas, algo que ela não se importava.

Leia Também

“Sempre faço uma personagem abastada, mas não me incomodo”, afirmou a atriz, em entrevista ao GLOBO em 2016. “Sei fazer a pobre, mas não me deixam. Tenho cara de rica, mas isso eu nunca fui”, disse. 

Mila cresceu perto da Estação da Luz, em São Paulo, onde o pai, o português Sr. Moreira, tinha um hotelzinho para mascates. A mãe, também portuguesa, era dona de casa. A artista foi registrada como Marilda Moreira da Silva. Mas ela nunca gostou do nome de batismo. O novo nome veio do livro “Mila 18”, um romance de Leon Uris.

A entrada na teledramaturgia aconteceu por acaso, depois de substituir às pressas uma jurada no extinto programa do Chacrinha, em 1979. Na ocasião, Mila chamou atenção do autor de novelas Cassiano Gabus Mendes, que a convidou para integrar o elenco de “Marrom glacê” (1979). A atriz participou, em seguida, de quase todos os folhetins do novelista, como “Ti-ti-ti” (1985), “Que rei sou eu?” (1989) e “O mapa da mina” (1993).

Mila Moreira em "Marrom Glacê". Foto: Reprodução/TV Globo

Leia Também:  Nasce primeiro filho de Thaila Ayala e Renato Goés

Mila Moreira em "Que Rei Sou Eu?". Foto: Reprodução/TV Globo

Mila Moreira em "Anjo Mau". Foto: Reprodução/TV Globo

Mila Moreira em "Ti Ti Ti". Foto: Reprodução/TV Globo

Mila Moreira em "Sangue Bom". Foto: Reprodução/TV Globo

Mila Moreira em "A Lei do Amor". Foto: Reprodução/TV Globo


Mila Moreira morreu na madrugada desta segunda-feira (6). A informação foi confirmada pelo Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde ela estava internada. Em nota à imprensa, o o hospital informou que não possui autorização para divulgar mais detalhes e se solidarizou com a família.

O velório da atriz acontecerá nesta segunda-feira, no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, na Zona Norte do Rio. A informação foi publicada pela colunista Patrícia Kogut.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA