.
.

Voz Pet

ALERTA para prevenção contra raiva humana após morte de cachorro; dono do animal precisa comparecer ao HMC com urgência

Published

on

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância em Saúde, adverte para a necessidade de prevenção contra a raiva humana. A pasta está em alerta devido à morte de um cachorro, que foi diagnosticado positivo para a raiva.

Segundo a gestora do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, Moema Blatt, o animal foi encontrado no pátio externo na unidade de Vigilância de Zoonoses – UVZ no dia 27 de abril. Ele foi acolhido e foi a óbito em 4 de maio. O laudo laboratorial, que ficou pronto no dia 14 de junho, indicou teste positivo para raiva. “A pessoa que deixou o animal, bem como outras que tiveram contato com ele podem ter sido contaminadas pelo vírus da raiva”, alertou.

A Vigilância em Saúde orienta que a pessoa que teve contato com o animal compareça com a máxima urgência a Vigilância Epidemiológica do Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, para que seja avaliada e orientada.

“Precisamos que o dono do animal e outras pessoas que tiveram contato com o cachorro nos meses de março e abril deste ano compareçam a Vigilância Epidemiológica do HMC o quanto antes para receber o soro antirrábico. Nosso chamamento é urgente, pois as pessoas podem ter sido infectadas e é imprescindível que elas recebam o soro o mais rápido possível, para evitar que a doença se manifeste”, alertou Moema.

Leia Também:  MP promove ato de conscientização sobre abandono de animais

Raiva Humana

A raiva humana, também chamada de hidrofobia, é uma doença viral que compromete o sistema nervoso central (SNC) e pode levar o portador à morte, em 5 a 7 dias após a manifestação dos sintomas.

Contato da Vigilância Epidemiológica do HMC 65- 3318 4840.

 

Da Redação com Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voz Pet

Menino de nove anos é atacado por pitbull; CENAS FORTES

Published

on

Um cachorro da raça pitbull atacou um menino de nove anos na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro. Nicolas Paz Vieira Souza do Nascimento foi mordido na perna na noite da última segunda-feira (27). Uma câmera de segurança registrou o momento.

O pequeno está internado em um Hospital Municipal da cidade, onde passou por uma cirurgia de reconstrução da panturrilha e, de acordo com a unidade, o estado de saúde de Nicolas é estável.

Segundo informações, o menino estava soltando pipa na rua com o irmão de 14 anos, quando o animal, sem coleira, tentou atacar a dupla. O irmão mais velho chegou a pegar o caçula no colo para tentar protegê-lo. O adolescente tenta, sem sucesso, afastar o cachorro, até que o cão morde a perna de Nicolas.

O adolescente encontra dificuldade de afastar o cachorro. Na sequência, um vizinho se aproxima para ajudar os meninos a se livrarem do pitbull, mas o socorro também não foi fácil. O homem e o adulto desferiram golpes na tentativa de que o cão soltasse Nicolas.

Leia Também:  MP promove ato de conscientização sobre abandono de animais

Veja:

Fabiane Serra com O Dia

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA