.

Voz Pet

Jacaré é encontrado com cabeça esmagada no Parque das Águas

Publicados

em

image_pdfimage_print

Um jacaré foi encontrado morto, com a cabeça esmagada e furos pelo corpo, por funcionários da Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb), na última segunda-feira (30). O animal, com sinais de maus-tratos, foi localizado no Parque das Águas, em Cuiabá.

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, os funcionários foram comunicados por pessoas que passavam pelo parque sobre um animal morto, na beira do lago.

Ao retirarem o corpo do jacaré, viram que ele tinha a cabeça esmagada, assim como diversos ferimentos. A diretoria registrou boletim de ocorrência para comunicar o caso.

A diretoria da Limpurb reforçou ainda que maus-tratos a animais é crime. Até setembro de 2020 vigorava a Lei de Crimes Ambientais 9.605/98, que estabelecia pena previa de três meses a um ano de reclusão, além de multa para abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação animais.

Com a sanção da Lei 1.095/2019, a punição aumentou para reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda.

A população pode auxiliar na conservação do Parque e preservação da fauna e flora local e diante de qualquer irregularidade, deve realizar denúncia via telefone (65) 3645-5500 ou entrar em contato diretamente com a Polícia Militar (190).

Leia Também:  CRUELDADE; Cachorro é brutalmente torturado com chave de fenda em brasa; VEJA VÍDEO (CENAS FORTÍSSIMAS)
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Voz Pet

Ao invés de caçar rato, gatinho compartilha seu potinho de água com roedor

Publicados

em

image_pdfimage_print

Recentemente, Benjamín Sagredo que reside na cidade de Punta Arenas, no Chile descobriu a amizade inusitada que o seu gatinho, chamado Simon, anda fazendo. O pequeno, de predador se tornou defensor, tornando-se camarada dos ratinhos.

A amizade é um sentimento de afeição e simpatia e parece que Simon desenvolveu esse carinho pelos roedores.

A função do gatinho era manter a casa livre ‘dessas pragas’, e assim o fez, mas ao invés de correr atrás para exterminá-los, trouxe-os para perto de si alimentando-os.

Benjamin não imaginava que algo semelhante pudesse acontecer, até que começou a perceber movimentos incomuns pela casa, como ouvir barulhos estranhos vindo da cozinha. Mas como os sons eram baixos e ocasionais, não dava muita importância.

“Não sabíamos o que era”, disse Benjamín ao The Dodo. “Nós tínhamos visto Simon brincando com algo debaixo de uma poltrona uma vez, mas não pensamos muito nisso.”

Foi então que certa manhã, o chileno entrou no ambiente e se deu de cara com uma cena surpreendente. O pretinho bebendo água em sua tigela na companhia de um rato. Socorro!

Leia Também:  Ao invés de caçar rato, gatinho compartilha seu potinho de água com roedor

“Eles pareciam muito próximos. Simon estava sendo afetuoso”, disse Benjamín. “Decidi gravar. Achei que ninguém iria acreditar em mim”.

O homem ficou admirado com a cena, e não é para menos, mas respeitou a amizade e permitiu a presença do novo amigo do bichano. O que os pais não fazem pelos filhos?!

“Tive pena do ratinho. Eu não poderia sonhar em machucá-lo”, disse Sagredo. “Eu o chamei de Chefcito”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA