.

Mundo

Com medo de engravidar namorada, homem coloca super bonder no pênis e acaba morrendo

Publicados

em

image_pdfimage_print

Um homem identificado como Salman Mirza, de 25 anos, morreu após colocar super bonder em seu pênis. O caso ocorreu na Índia.

De acordo com informações da polícia, Mirza estava junto com a namorada em um motel quando percebeu que tinha esquecido o preservativo e resolveu colocar a supercola usada em construções no pênis. O indiano cobriu toda sua região peniana com o produto e morreu após ter falência múltipla dos órgãos. O homem e sua namorada estavam sob efeito de bebidas alcóolicas.

“Como eles não tinham preservativo, resolveram aplicar o adesivo para que ela não engravidasse. Eles carregavam o produto para usar como entorpecente durante o ato sexual”, relatou a polícia.

Salman Mirza chegou a ser socorrido com vida, mas acabou morrendo ainda no local.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

Penitenciária superlotada é incendiada e deixa em 41 mortos

Publicados

em

image_pdfimage_print

A penitenciária de Tangerang foi alvo de um incêndio na ilha indonésia de Java , na madrugada da última quarta-feira (08). O acidente resultou na morte de 41 detentos e deixou outras 80 pessoas feridas – oito delas estão em estado grave.

Fadil Imran, chefe da polícia de Jacarta, confirmou o número de vítimas. Os sobreviventes foram encaminhados aos hospitais de Tangerang. Prisioneiros com ferimentos leves foram destinados a uma clínica de cuidado.

A penitenciária de Tangerang foi alvo de um incêndio na ilha indonésia de Java , na madrugada desta quinta-feira (08). O acidente resultou na morte de 41 detentos e deixou outras 80 pessoas feridas – oito delas estão em estado grave. As informações são do portal G1.

Fadil Imran, chefe da polícia de Jacarta, confirmou o número de vítimas. Os sobreviventes foram encaminhados aos hospitais de Tangerang. Prisioneiros com ferimentos leves foram destinados a uma clínica de cuidado.

Yasonna Laoly, ministro da Justiça e Direitos Humanos, ressaltou que “o fogo se espalhou rapidamente e não houve tempo para abrir algumas celas. Quando os guardas descobriram, as chamas já haviam se espalhado e vítimas foram encontradas”.

Imran ressaltou que verificou “o local e com base na observação inicial, parece que (o incêndio) ocorreu devido a um curto-circuito”. As investigações seguem, mas a principal linha de investigação é a de uma possível falha de energia no sistema elétrico do presídio.

 

Da Redação 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VÍDEO INSTITUCIONAL

Beth`s Grill Restaurante

VÍDEO INSTITUCIONAL

VÍDEO INSTITUCIONAL

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

MUNICÍPIOS

MAIS LIDAS DA SEMANA